TV

5 documentários da Netflix mais assustadores do que qualquer filme de terror

BingeWatchMe
Author
BingeWatchMe

Não veja antes de dormir. Mas veja.

5 documentários da Netflix mais assustadores do que qualquer filme de terror

A ficção pode se esforçar muito, mas jamais será capaz de superar a falta de sentido da realidade (como diria Mark Twain). Histórias chocantes, inconclusivas e perturbadoras acontecem com uma frequência muito maior do que imaginamos no nosso mundinho. E, como a TV não é muito chegada a documentários (não me venha com aquelas coisas mal produzidas do Discovery e do History Channel, plmdds), ainda bem que temos a Netflix.

A diferença de um filme de terror para documentários como estes é que há uma enorme vontade de descobrir a verdade para fazer Justiça. E a sensação de não saber o que realmente aconteceu é o que tira nosso sono. Estes são cinco documentários da Netflix que vão te deixar de boca aberta:

Amanda Knox

Você provavelmente já ouviu falar neste nome no noticiário, mas não sabe da missa a metade. A americana Amanda vivia na Itália por um tempo com uma colega britânica, que foi encontrada morta de forma extremamente brutal no apartamento que elas dividiam. O comportamento, digamos, não muito angelical de Amanda levantou suspeitas desde o início e a imprensa mundial divulgou que ela era uma psicopata pervertida que forçou o namorado a matar sua colega. Mas a verdade sempre é muito mais complexa do que qualquer manchete sensacionalista.

Making a Murderer

No final de 2015, esta série documental chocou o mundo ao contar a história de Steven Avery, um homem que cumpriu 18 anos de pena por um estupro que não cometeu e que, durante o documentário, passa por julgamento por um assassinato extremamente suspeito. Falsificação de provas, conflitos de interesses, abuso policial de um adolescente e muitos outros elementos surreais dão a "Making a Murderer" uma trama mais sofisticada do que qualquer "Law & Order".

Tickled

5 documentários da Netflix mais assustadores do que qualquer filme de terror

A premissa deste documentário é surreal: um jornalista que descobriu um torneio mundial de CÓCEGAS (SIM, DE CÓCEGAS) na internet faz uma matéria engraçadinha sobre isso e recebe uma resposta homofóbica e agressiva dos donos da competição. Com a curiosidade mais atiçada do que nunca, o repórter começa a filmar a própria investigação e percebe que, por trás das inocentes cócegas, existem pessoas poderosas com interesses peculiares e métodos criminosos.

Hostage to the Devil

5 documentários da Netflix mais assustadores do que qualquer filme de terror

O padre irlandês que insipirou o filme "O Exorcista" foi morto e um agente da CIA acredita que uma garotinha "possuída" possa ser a responsável por sua morte. Enquanto o Vaticano não reconhecia o exorcismo como uma técnica válida, Malachi Martin realizava o procedimento em diversas pessoas e virou uma lenda. Robert Marrow, que trabalhava para a Agência Central de Inteligência Norte-Americana, conta com detalhes a cena que testemunhou entre Martin e a pequena garota "possuída", e por que acredita que ele morreu por causa dela. 

Going Clear: Scientology and the Prison of Belief

A gente encara a Cientologia como uma piada promovida pelo Tom Cruise, mas o caso é bem mais sério. O documentário revela que, a partir do momento que as pessoas fazem parte do culto, elas estão virtualmente presas. Se ameaçarem sair ou fizerem algo que os líderes não gostarem, são vigiados (segundo o filme, isso aconteceu com Nicole Kidman), agredidos e até mesmo sequestrados. John Travolta, por exemplo, teria medo de sair porque seus segredos pessoais sejam expostos. #tenso

Pegue seu cobertor, abrace seu parceirx ou melhor amigx e encare estes verdadeiros filmes de suspense e terror.

#documentaries #docs #tv #netflix #real #scientology #makingamurderer #amandaknox #exorcism #tickled