Barracos hollywoodianos
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Barracos hollywoodianos
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Barracos hollywoodianos
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Após lindo discurso para Whoopi, atriz de Caça-Fantasmas sofre ataque racista

BingeWatchMe
há um ano68 visualizações
Após lindo discurso para Whoopi, atriz de Caça-Fantasmas sofre ataque racista
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Ataques racistas em massa nas redes sociais infelizmente não são novidade no Brasil. A jornalista Maju Coutinho e a atriz Taís Araújo foram vítimas recentes da covardia alheia. Uma das estrelas de "Caça-Fantasmas", Leslie Jones foi massacrada por fanboys inconformados que o filme da infância deles foi refeito com mulheres (AQUELAS COISAS QUE TÊM VAGINAS, CREDOOOOOO).

Durante toda a segunda-feira, Jones replicou mensagens comparando-a com macacos e chimpanzés e citou que um chegou a fazer uma montagem de uma foto dela com sêmen no rosto. Alguns forjaram tweets através de programas com mensagens homofóbicas (só o print, sem o link, porque obviamente eram falsos).

Enfim, mais um capítulo da vida de homens brancos e héteros (ou enrustidos) que ficam o dia inteiro na frente do computador tentando destruir a vida de mulheres muito mais bem-sucedidas do que eles. Jones acabou saindo da rede social e seus fãs e colegas subiram a hashtag #Love4Leslie.

Mas vamos falar de algo legal? Jones teve a chance de ficar frente a frente com seu maior ídolo (odeio que não existe a palavra ídola) Whoopi Goldberg. O encontro aconteceu no programa "The View", do qual a vencedora do Oscar participa regularmente. Dê uma olhada: 

É isso, gente. Para cada zé mané que se acha o fodão ao humilhar negras, há diversas garotas vendo "Caça-Fantasmas" e pensando que elas podem, sim, ser atrizes de comédia. Tem gente que não se conforma, mas estamos evoluindo. E não serão alguns tweets que mudarão isso. Leslie sairá ainda mais forte deste episódio.

#racism #racismo #lesliejones #whoopigoldberg #ghostbusters

Glamour? Repórter de fofoca se demite com carta detonando famosos e chefes

BingeWatchMe
há um ano53 visualizações
Glamour? Repórter de fofoca se demite com carta detonando famosos e chefes
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Você acha que vida de repórter de celebridades é fácil? Sara Hammel está aqui para nos dizer que não, muito pelo contrário. Em sua carta de demissão, a repórter falou mal de seus chefes e de algumas celebridades, como Jennifer Lopez e George Clooney.

Primeiramente, Hammel criticou as mudanças da revista, enumerando todas as grandes histórias que cobriu em sua trajetória no veículo:

“Não sou eu, é você. Foram 14 anos extremamente perturbadores e você é uma revista totalmente diferente de quando nos conhecemos. Juro que metade da atual redação nem sabe o meu nome, apesar de minha contribuição em umas 500 matérias dos seus anais de celebridades, então aqui vai uma lembrança: trabalhei nos seus escritórios de Londres, LA e NY, cobri histórias em nove países e lidei com mais celebridades do que consigo lembrar (sei disso porque estava olhando os arquivos recentemente e achei meu nome em coisas que eu nem lembrava mais de ter escrito e de entrevistas que havia esquecido, como Ellen e Portia juntas, os protagonistas de Nip/Tuck e o cara de Burn Notice). Minha primeira missão dada por você foi a Spice Girl Geri Halliwell em 2002. A última foi Robert de Niro em abril de 2016”.

Na segunda parte, a minha favorita, ela alfineta grandes nomes de Hollywood:

“Durante este tempo, houve momentos e encontros memoráveis, incluindo o dia que fiz a talentosa e simpática Mariska Hargitay morrer de chorar (parece que ela faz isso em todo evento de caridade, meu Deus), suportar o bullying público de um vencedor do Oscar durante um jantar íntimo, encarar uma crise pessoal durante o casamento do Tom Cruise, em Roma, ter sido meio que cuspida pela J.Lo (okay, foi mais um pfffft na minha direção, bem grossa), diversão com famosos mais reservados, como Rosario Dawson, Kyle MacLachlan e Michael Douglas, observar como o George Clooney é duro e sem graça com crianças, insultar o bebê da Sheryl Crow, ser apertada/assediada por um artista super famoso em Nova York e Paris (não é para rir - isso foi violador para caramba. Ainda estou brava por não ter enfiado minha caneta no saco dele)”.

Já a terceira parte mostra como as publicações abafam o caso em muitos momentos para não ficar mal com os artistas, ao invés de protegerem seus funcionários:

“É isso que muitos artistas arrogantes e seus assessores malucos fizeram com que eu e muitos outros repórteres que trabalham muito passassem. Vocês, no entanto, são piores. De forma estúpida, esperamos apoio e lealdade após tantos anos de serviço. Somos ingênuos. Alguns de nós achamos que você é o Leo DiCaprio das revistas, usando cada modelo linda que passa pelo seu caminho (“modelo linda” é “jornalista premiada” neste caso), e as descarta, fingindo que você não deixou um legado para trás”.

Então, da próxima vez que você sonhar em cobrir entretenimento, saiba que a carreira está longe de ser conto de fadas. A não ser que você queira muito receber um cuspe da Jennifer Lopez.

#people #famous #celebrities #JLo #georgeclooney #leonardodicaprio 

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
BingeWatchMe
Equipe Storia Brasil