Binge watching
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Binge watching
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Binge watching
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

'13 Reasons Why' é renovada: o que esperar da segunda temporada

BingeWatchMe
há 5 meses222 visualizações

***Alerta de spoiler sobre a primeira temporada da série.***

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
'13 Reasons Why' é renovada: o que esperar da segunda temporada

A Netflix confirmou neste domingo que "13 Reasons Why" terá uma segunda temporada. A renovação não era uma aposta tão certa, já que temporada de estreia foi baseada em um livro que não teve uma sequência. Mas também não é a primeira vez que seriados tomam liberdade para continuar uma história literária.

O lançamento da temporada será apenas em 2018, então resta tempo de sobra para especular sobre os próximos acontecimentos. Vamos destacar então algumas perguntas que podem ser respondidas:

1. Alex está vivo após tentar se matar?

2. A segunda temporada pode ser as 13 razões para Alex ter se matado?

3. Bryce pagará pelos estupros que cometeu?

4. O que o pai de Jessica fará ao saber que a filha foi estuprada?

5. O que os pais de Hannah farão após ouvirem as fitas da filha?

6. O que Justin vai fazer após deixar Bryce para trás?

7. Tyler vai usar as armas que tem para um atentado?

No entanto, o grande problema para os roteiristas é definir qual serão os papéis de Hannah e Clay neste cenário. Os dois, afinal, são os protagonistas e personagens para quem o público torcia. Qualquer alternativa para manter Hannah como narradora da história pareceria forçada, como ela ter gravado outras fitas secretas, por exemplo.

A jornada de Clay foi baseada em saber por que ele estava nas fitas, em sua surpresa ao descobrir os crimes cometidos pelos colegas e em imaginar o que ele poderia ter feito para salvar Hannah e a relação dos dois. O garoto teria a motivação de ver Bryce atrás das grades, mas os pais de Hannah e de Jessica certamente dominariam esta narrativa.

Ou dará muito certo ou muito errado. Em 2018, nós saberemos, ao vivo e em estéreo.

'Dear White People' é a melhor série que você ainda não viu

BingeWatchMe
há 5 meses276 visualizações

Veja.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
'Dear White People' é a melhor série que você ainda não viu

O que dizer de uma série que tem 100% de aprovação dos críticos no Rotten Tomatoes? Que você está perdendo tempo por não tê-la visto ainda. 'Dear White People' é engraçada, comovente, inteligente e esclarecedora. E, sim, é sobre racismo.

Em 10 episódios curtos, narrados por Giancarlo "Gus Fring" Esposito, acompanhamos a explosão de um conflito já existente entre negros e brancos em uma universidade norte-americana, por conta de uma festa blackface (quando brancos pintam a cara de marrom e se 'fantasiam' de negros).

A protagonista Sam (Logan Browning) é uma ativista que tem um programa na rádio universitária chamado 'Cara Gente Branca', no qual ela fala algumas verdades sobre o que é ser negro na universidade e responde ligações de pessoas que acham que "o mundo está muito chato".

Lionel (DeRon Horton) é um tímido jornalista que vai se descobrindo ao longo dos episódios, Troy (Brandon P. Bell) é o filho do reitor que tenta ser um conciliador entre negros e brancos, Coco (Antoinette Robertson) é uma patricinha que aprendeu a se odiar por causa dos padrões de belezas brancos e Reggie (Marque Richardson) é um ativista apaixonado por Sam.

Porém, Sam está namorando um branco, o que causa uma grande polêmica entre seus amigos e colegas de militância. Gabe (John Patrick Amedori) é um retrato perfeito do hétero branco de esquerda, que tenta a todo custo se enturmar com a comunidade negra, mas aprende da maneira mais dura a magnitude do seu privilégio.

Um episódio em particular, dirigido por Barry Jenkins (do oscarizado "Moonlight"), demonstra de forma extremamente clara a diferença da relação da polícia com brancos e negros. Não é à toa que este capítulo foi definido pelo portal Mic como o melhor da TV em 2017 até o momento.

Se você é uma pessoa que vê vitimismo em tudo, provavelmente não vai assistir. Mas 'Dear White People' não é para você. É para negros se sentirem ouvidos e representados e para brancos de esquerda tentarem ver como é a vida por outra perspectiva. Você não vai se arrepender de gastar seu tempo de binge-watch com esta adaptação do filme de Justin Simien.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
BingeWatchMe
Equipe Storia Brasil