É tudo verdade!
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
É tudo verdade!
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
É tudo verdade!
ic-spinner
Hikayeni paylaş
Sevdiğin hikayeleri ve yazarları bul ve takip et. İlham al, sen de kendi hikayelerini yaz. Hikayelerine arkadaşlarını davet et. Paylaş ve tüm dünyaya sesini duyur.

#RIPChristinaGrimmie: Um tributo à jovem cantora do The Voice morta por um homem

(Gostaria de ter usado links originais do "The Voice", mas eles apagaram.)

Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸
#RIPChristinaGrimmie: Um tributo à jovem cantora do The Voice morta por um homem

Quase um mês após Ana Hickmann ter um revólver apontado para sua cabeça por um ~fã~ (que na verdade é só mais um homem que não sabe lidar com o fato de que não é amado de volta) e escapar da morte, outro rapaz conseguiu tirar a vida de uma jovem extremamente talentosa: Christina Grimmie, finalista da sexta temporada de "The Voice".

Grimmie dava autógrafos na saída de um show em Orlando, quando foi assassinada pelo atirador, que depois se matou (pena que eu não acredito em inferno). Ela tinha 22 anos de idade.

Apesar de ter terminado na terceira colocação em sua temporada de "The Voice", Grimmie foi a cantora mais popular daquela edição. Com um grande alcance vocal, mas também dona de um estilo mais jovem do que a média do programa, ela foi contratada pelo selo de seu treinador no programa, Adam Levine, e também fazia participações nas temporadas seguintes do reality falando sobre o figurino dos participantes.

Grimmie já deixou uma marcante primeira impressão no programa, cantando "Wrecking Ball" (Miley Cyrus) e virando as quatro cadeiras dos técnicos:

Nas batalhas, já no Time Adam, Grimmie participou de um dos duetos mais legais do programa, cantando "Counting Stars" (OneRepublic) com Sam Behymer. Christina mostrou que, apesar de poder gritar bastante, ela também se importava com sentir a música:

Já na fase ao vivo, ela mostrou como seria se Katy Perry soubesse cantar muito bem, neste cover de "Dark Horse":

Ela também mandava bem nas músicas mais lentas, como "I Won't Give Up" (Jason Mraz):

E o clássico "I Can't Help Falling In Love" (Elvis Presley):

A pupila de Adam Levine gostava de mudar o arranjo de músicas mais hip hop, como "Hold On We're Going Home" (Drake):

E "With Love" (Lil Wayne):

Há um ano, ela voltou ao programa para cantar seu single "With Love":

Mais uma voz feminina brutalmente silenciada. Descanse em paz.

#RIPChristina #ChristinaGrimmie #TheVoice #AdamLevine #TV

Este tiozão de 82 anos cantando metal em uma audição é nosso herói do dia

Respeite o metal!

Sevdiğin konularda arkadaşlarınla işbirliği yap
Bu konuda yazmak ister misin? ▸
Este tiozão de 82 anos cantando metal em uma audição é nosso herói do dia

Nós quase não vemos idosos em programas de talento e isso está totalmente ERRADO. Afinal, eles geralmente não dão a cara a tapa para ficarem famosos: eles simplesmente gostam de cantar. O tiozão de 82 anos que apareceu no "America's Got Talent" desta semana prova a teoria.

John Hetlinger era engenheiro espacial (caso não saiba o que é isso, é a profissão do Howard em "Big Bang Theory") e começou a se dedicar ao karaokê (LOL) depois que se aposentou. Os jurados ficaram muito impressionados com a carreira do senhor, mas não perguntaram qual estilo de música ele gostava.

Começa a apresentação e... 

Ele cantou a música "Bodies", da banda Drowning Pool e levantou todo mundo na arena, exceto Simon Cowell, Heide Klum e Melanie B (que estavam ERRADOS). O quarto jurado, Howie Mandel, adorou.

Hetlinger obviamente não passou de fase, mas foi um vencedor moral. Assim como a meninina que vomitou em Paula Abdul no programa "So You Think You Can Dance":

Vocês estão de parabéns.

#realityshows #americasgottalent #metal #talentshows 

Hikayeyi okudun
Story cover
tarafından yazıldı
Writer avatar
BingeWatchMe
Equipe Storia Brasil