O papa é pop
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
O papa é pop
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
O papa é pop
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

É semana de Eurovision! Confira os finalistas mais bregas desta edição

BingeWatchMe
há 5 meses381 visualizações
É semana de Eurovision! Confira os finalistas mais bregas desta edição
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Para quem adora música pop chiclete e apresentações bregas, está chegando o Natal: o dia do EUROVISION 2017. Para quem não conhece, trata-se de um festival de canções que existe há 61 anos e lançou nomes como Abba e Céline Dion. Cada país europeu (e a Austrália, because why not) inscreve uma performance e duas semifinais acontecem durante a semana, com a grande decisão no sábado. O campeão é decidido por votos pelo telefone só de habitantes dos países participantes.

As semifinais já aconteceram em Kiev (o país campeão da edição anterior é o anfitrião no ano seguinte) e venho por meio desta apresentar os finalistas mais bregas de 2017. Importante: ser cafona no Eurovision nem sempre é algo ruim, muito pelo contrário.

Vamos começar com a saudosa Moldávia. Eles trouxeram de volta o Epic Sax Guy, que fez história no Eurovision de 2010.

Precisa falar mais alguma coisa? A banda dele, SunStroke Project, montou uma apresentação com direito a pessoas tocando violino e dançando ao mesmo tempo e backing vocals vestidas de noivas com microfone em formato de buquê.

A Romênia também levou a breguice ao nível máximo com este dueto romântico que consegue misturar hip hop, eletrônica, pop e algo que parece uma canção dos hobbits de "Senhor dos Anéis". Melhor você ver e escutar com seus próprios olhos e ouvidos.

País bastante tradicional no Eurovision (tipo o Brasil na Copa do Mundo), a Suécia mandou neste ano um rapaz que deveria ser galã, mas aconteceu algum erro no caminho, junto a quatro dançarinos com uma pegada meio "Magic Mike" de terno. 

Belarus decidiu investir em uma coisa mais campestre com um casal de jovens hipsters cantando uma música em seu próprio idioma (a grande maioria das canções costuma ser em inglês).

A Itália quase sempre se apresenta em seu próprio idioma, mas eles se superaram neste ano com uma performance que contém esta cena:

E sim, a Itália é uma das favoritas para o título. 

A Bulgária também tem boas chances com um rapaz estilinho Harry Styles:

E Portugal, veja só, está fazendo uma APROPRIAÇÃO CULTURAL (rs) do Brasil ao virar um dos favoritos com BOSSA NOVA:

Cada país tem o Marcelo Camelo que merece.

A final do Eurovision acontece neste sábado (13 de maio) às 16h e você pode acompanhá-la no site oficial do evento e, claro, no Twitter.

Festival de luxo fracassado ameaça quem está reclamando nas redes sociais

BingeWatchMe
há 6 meses263 visualizações
Festival de luxo fracassado ameaça quem está reclamando nas redes sociais
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

O desastroso Fyre Festival continua fazendo m**das, após ter cobrado milhares de dólares de pessoas prometendo um evento de luxo com a participação de supermodelos nas Bahamas e ter colocado o público em tendas de refugiados, sem água, comida ou atrações de qualquer tipo.

Prestes a enfrentarem uma ação que deve valer milhões, os organizadores Billy MacFarland e Ja Rule decidiram ameaçar os clientes do festival que reclamaram das condições do local nas redes sociais.

Um email disparado pela organização para as pessoas que divulgaram o desastre que foi o Fyre Festival dizia que elas estavam mentindo sobre o que realmente aconteceu e incitando violência, vandalismo e brigas. "Se algum inocente se machucar por resultado das suas postagens, o Fyre Festival vai garantir que você seja responsabilizado."

Bacana, não? Ainda mais depois que MacFarland e Ja Rule disseram publicamente que não tinham responsabilidade sobre o desastre que foi o evento.

As modelos que promoveram o festival em suas mídias sociais (sem deixar claro que se tratava de publicidade) como Kendall Jenner e Emily Ratajkowski, simplesmente apagaram os posts de seus perfis e fingiram que nada aconteceu. Já Bella Hadid pelo menos teve a decência de pedir desculpas em seu perfil, mas dizendo que não tinha ideia do quão desorganizado o festival seria.

É isso aí, galera. Enganar jovens ricos é muito fácil. Mas ainda é um crime.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
BingeWatchMe
Equipe Storia Brasil