POP

O polêmico pseudônimo de Taylor Swift é uma pessoa, que virou alvo da internet

BingeWatchMe
Author
BingeWatchMe

Mais uma prova de que a internet não sabe lidar com as coisas.

O polêmico pseudônimo de Taylor Swift é uma pessoa, que virou alvo da internet

Vocês devem ter visto o novo capítulo do épico barraco pós-namoro entre Taylor Swift e Calvin Harris. A representante da cantora confirmou que ela ajudou a escrever a música “This Is What You Came For”, de Harris (que acabou contando com a voz da Rihanna), mas havia usado um pseudônimo chamado Nils Sjöberg para não revelar sua identidade.

Harris reagiu e disse que Swift escolheu usar o pseudônimo por vontade própria e que era ridículo trazer isso à tona agora, tentando prejudicar a imagem dele. Até botou a Katy Perry no rolo:

"Sei que você está fora de turnê e precisa tentar enterrar alguém, como a Katy (Perry), etc, mas não sou este cara, desculpe-me. Não vou permitir isso". #burn

Porém, o mais prejudicado com essa história toda foi o coitado do verdadeiro Nils Sjöberg. Sim, ele existe. É um ilustrador sueco bem ativo nas redes sociais, para obviamente divulgar o seu trabalho. Depois da treta entre Swift e Harris, o moço começou a ser bombardeado por pessoas achando que ele era um perfil fake da cantora. Exemplo:

O Gizmodo encontrou o rapaz e perguntou como foram suas últimas 24 horas: “Uma constante explosão de tweets, retweets, re-blogs no Tumblr e outras notificações no meu telefone”, contou Sjöberg.

“Os fãs começaram a acreditar que eu era a Swift, usando uma conta falsa, e a discussão não parou até agora. Sou a Taylor Swift? Ou sou um garoto real? Ou uma conta pseudo da Taylor? Hilário! Eles (fãs da cantora) têm sido amigáveis em grande parte”, acrescentou o rapaz, que também destacou a parte positiva: ele tem muito mais seguidores para divulgar o seu trabalho.

O mesmo fenômeno aconteceu duas vezes aqui no Brasil: o twitter “@sarney”, de uma mulher chamada Sarah, que precisou colocar em sua descrição que não é José Sarney, e a conta @helena, de uma fotógrafa que descobriu da pior forma possível o quanto este nome é importante para a televisão brasileira. Ela tem 76 mil seguidores, grande parte deles do Brasil.

Voltando a Sjöberg, ele foi questionado de qual lado estava na briga entre Swift e Harris: “É difícil! Honestamente, para ninguém. Escuto as músicas deles aqui e ali, mas nada além disso”. Que tal a gente ouvir o rapaz e parar de se meter nessa briga ridícula?

#calvinharris #taylorswift #popmusic #pop #music #relationship