HOLLYWOOD

Por que tanta gente está surtando com o retorno de 'Gilmore Girls'

BingeWatchMe
Author
BingeWatchMe
Por que tanta gente está surtando com o retorno de 'Gilmore Girls'

Revivals estão na moda e a Netflix vai trazer a partir desta sexta-feira o mais aguardado de todos até o momento: a oitava e nova temporada de "Gilmore Girls". Todo mundo já ouviu falar desta série, seja na Warner ou no SBT ("Tal Mãe, Tal Filha", risos), mas muita gente está um pouco perdida no assunto, tentando entender por que a expectativa é tão grande. 

E eu, a fada da explicação, venho te iluminar! Estas são as razões por que o mundo está surtando com a volta de "Gilmore Girls":

É provavelmente a comédia dramática mais bem-sucedida da TV

"Gilmore Girls" é oficialmente um drama, mas você se pega rindo horrores durante os episódios. Muito por conta da protagonista Lorelai (Lauren Graham, a mãe), que tem um senso de humor extremamente sarcástico e auto-depreciativo que cativou os telespectadores. Rory, a filha (Alexis Bledel) é mais certinha, mas não fica para trás nas ótimas tiradas. Os personagens secundários também são engraçados, não se levam a sério e tornam a experiência de ver o programa leve e divertida.

A relação entre Lorelai e Rory

Além de mãe e filha, elas são melhores amigas e o porto seguro uma da outra. Os homens vêm e vão, a vida tem altos e baixos, mas Lorelai sempre ~está lá~ por Rory e vice-versa. Isso é uma lição para você que mal liga para sua mãe. 

Elas comem pra caramba e tomam muito café

Dieta é algo que passa longe de Stars Hollow (a cidadezinha em que a história se passa). As garotas Gilmore gostam de comer BEM. E têm zero culpa por isso.

O programa tem personagens femininas complexas

A princípio, você pode ter preguiça de todas as personagens femininas da série. Achar a Lorelai louquinha demais, a Rory responsável demais, a mãe delas bitch demais. Mas elas não foram criadas para serem perfeitas mesmo. Elas cometem erros e fazem escolhas ridículas, mas são mulheres independentes, cada uma lutando por seu próprio espaço no mundo. Isso era uma dádiva há 15 anos.

Referências culturais

"Gilmore Girls" fazia piadas com tudo que estava acontecendo no momento, tipo uma novela do Manoel Carlos sem a Bruna Marquezine chorando. Livros, outras séries, filmes, celebridades. Daí quem assistia repetia as mesmas piadas para a família e os amigos.

A música da abertura

"Where You Lead", da Carol King, é simplesmente uma delícia de ouvir. 

I will follow...

Convenceram a Melissa McCarthy a participar do revival

Como sabemos, Melissa virou estrela de Hollywood e protagonista de filmes grandes. Quando o revival da Netflix foi anunciado, os produtores deram a entender que estava difícil conseguir a presença dela para a nova temporada. Mas, aos 49 do segundo tempo, ela aceitou e interpretará a doce e atrapalhada Sookie mais uma vez.

O final da série não tinha sido o ideal

A criadora da série, Amy Sherman-Palladino, não teve muito poder de decisão sobre os acontecimentos finais da série. Muita coisa ficou no ar, como, por exemplo, com quem a Rory ficaria. Ao que tudo indica, esta questão será resolvida no revival.

Por que tudo que a Netflix toca vira ouro

Sério, eles poderiam fazer um revival de "O Dentista Mascarado" que todo mundo ia ficar empolgado.

Então, não julge seus amigos por estarem ansiosos com "Gilmore Girls". Eles têm motivos. Se você não está a fim de entrar na onda, pelo menos deixe a TV livre para eles poderem fazer a maratona.