POP

Por que Taylor Swift está certa nesta última briga com Kanye West

BingeWatchMe
Author
BingeWatchMe

Lá vamos nós, de novo.

Por que Taylor Swift está certa nesta última briga com Kanye West

Mais um dia de vida, mais um capítulo de "tretas" envolvendo a Taylor Swift. Provavelmente, a cantora está mais nos holofotes agora do que durante a divulgação do álbum "1989". Um pequeno resumo, para quem ainda está boiando: Kim Kardashian, esposa de Kanye West, publicou um áudio de um telefonema entre seu marido e Taylor, no qual ela dava consentimento para o lançamento da música "Famous". Sim, a canção com o verso "Acho que eu e Taylor ainda deveríamos transar/Por que? Eu fiz aquela vadia ficar famosa".

PORÉM, a história não é tão simples assim. Por isso, vou explicar por que Swift está certa desta vez.

Vamos ver exatamente o que foi conversado entre Taylor e Kanye, segundo o áudio (provavelmente editado) que Kim soltou:

Kanye: Oh ok, legal. Você ainda tem o número de Nashville?

Taylor: Ainda tenho o código de área de Nashville, mas tive que mudar.

ATENÇÃO, ESTA É A PARTE MAIS IMPORTANTE - Kanye: (rappeando) "Para todos os negros do Sul que me conhecem bem/Acho que eu e Taylor ainda deveríamos transar"

Taylor: …Eu estou bem perto de ficar superexposta.

Kanye: Oh. Bom, eu acho que esse (verso) é algo legal para manter, definitivamente.

Taylor: Eu sei. Tipo, é meio que um elogio. (risos)

Kanye: Eu me importo com você como pessoa e amiga. Quero algo que te faça se sentir bem. Não quero fazer rap que faça as pessoas se sentirem mal.

Taylor: Um – certo. Bom, faça o que você achar que é melhor. É obviamente bem explícito de qualquer maneira. E eu agradeço que você esteja me falando sobre isso, é bem legal.

Kanye: Ah, sim. Tenho uma responsabilidade com você como amigo, sabe? E obrigado por ficar tão tranquila sobre isso.

Taylor: Aw, obrigada. Realmente agradeço. O aviso prévio é bem bacana. Perguntar ou ver se estou tranquila com isso é algo que eu aprecio. Nunca esperaria que você me contasse um verso ou outro de suas músicas. E as flores que você me mandou. Eu postei no Instagram uma foto delas e foi o maior número de likes de tive.

Kanye: Relacionamentos são mais importantes que frases engraçadas, sabe?

Taylor: Sim. Não acho que alguém escutaria isso e falaria 'Ah, isso é uma verdadeira agressão, ela vai chorar por isso'. Você tem que contar a história do jeito que aconteceu com você e como você a viveu. Honestamente, você não sabia quem eu era antes daquilo. Não importa que eu tenha vendido 7 milhões de álbuns antes de você ter feito aquilo, o que aconteceu, você não sabia quem eu era. Tudo bem. Se eu pudesse fazer essas coisas acontecerem, ter essa ideia, criar estes conceitos... assim, eu sempre vou te respeitar. E realmente fico feliz que você teve o respeito de me ligar como amigo para falar da música. É uma coisa bem legal de se fazer. É uma boa forma de mostrar amizade. Então, obrigada.

Kanye: Obrigado a você também.

Taylor: Se me perguntarem sobre isso, acho que seria legal eu falar "Olha, ele me ligou e me disse o verso antes de sair. Tipo, vocês foram feitos de bobos, estamos bem. Vocês querem chamar isso de uma briga, de alfinetar alguém", mas logo que a música sair, eu estarei em um tapete vermelho do Grammy, vão me perguntar sobre e direi "Ele me ligou". E é ótimo que você seja tão falastrão, porque você dirá "Sim, ela sabe que isso a fez famosa". Mas é mais provocativo dizer "ainda deveriam transar" porque (corta o áudio).

Taylor: Não me importo com isso. Não é um verso que machuca meus sentimentos e outro que não.

(FIM DA CONVERSA. OBRIGADO POR PERMANECER COMIGO.)

A resposta de Swift explica de maneira bem clara porque ela não pôde dar consentimento completo para West:

"Onde está o vídeo de Kanye me dizendo que iria me chamar de 'aquela vadia' na música dele? Não existe porque nunca aconteceu".

É verdade. Na conversa, o rapper fala sobre o verso do "deveríamos transar" e que ele fez ela ser famosa (é uma mentira, como ela deu a entender no papo, mas ok). Mas não mencionou a palavra "bitch". E isso faz TODA DIFERENÇA. É um xingamento, uma agressão verbal. É particularmente degradante.

Ainda mais humilhante é o vídeo da música, em que um boneco de cera dela aparece nu ao lado de Kanye:

Por que Taylor Swift está certa nesta última briga com Kanye West

Consentimento é um negócio muito complicado. Se você aceitou A, não quer dizer que aceitou A + B. Taylor não sabia que seria chamada de "bitch" e que sua imagem pelada faria parte de um videoclipe. Sim, West tem a liberdade artística de fazer isso. Mas ele continua errado.

PS: Antes que alguém me acuse de ser defensora absoluta da Swift, eu fiquei do lado do Calvin Harris na treta deles.

#taylorswift #kanyewest #kimkardashian