Esportices
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Esportices
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Esportices
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Garoto faz 70 pontos na NBA 1 ano após ganhar tênis de Kobe para 'ser uma lenda'

Chuchu Beleza
há 7 meses29 visualizações

O dia 24 de março vai ficar marcado na história da NBA por dois motivos. Na data, em 2016, Kobe Bryant presenteou o jovem ala Devin Booker, do Phoenix Suns, com um par de tênis com uma frase ou profecia: "para Book, seja uma lenda". Um ano após a premonição, o garoto de 20 anos escreveu seu nome entre as lendas do basquete norte-americano ao anotar 70 pontos num jogo.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Garoto faz 70 pontos na NBA 1 ano após ganhar tênis de Kobe para 'ser uma lenda'
Garoto faz 70 pontos na NBA 1 ano após ganhar tênis de Kobe para 'ser uma lenda'

Curiosamente, desde 2006, justamente com Kobe Bryant, que um jogador não anotava 70 pontos ou mais num jogo da NBA. O astro dos Lakers havia feito 81.

Com o feito, Booker entra para um seleto grupo de jogadores que fizeram ao menos 70 pontos num jogo da NBA, ao lado de Wilt Chamberlain (70 ou mais seis vezes), David Robinson (71), Elgin Baylor (71), David Thompson (73) e Kobe Bryant (81).

A noite inesquecível e inspirada do garoto, contudo, não foi suficiente para os Suns celebrarem uma vitória. O Boston Celtics levou a melhor no confronto com 130 a 120. Mas Booker "virou uma lenda".

Garoto faz 70 pontos na NBA 1 ano após ganhar tênis de Kobe para 'ser uma lenda'

Ele abriu mão do sonho de jogar na NFL para se tornar um neurocirurgião

Chuchu Beleza
há 7 meses14 visualizações

Todo jovem norte-americano sonha entrar na faculdade e fazer parte das modalidades esportivas para um dia ser draftado por algum time. Jogar na NFL seria o ápice. Pois bem, Morin Rolle optou por fazer o caminho inverso e abrir mão do futebol americano pela medicina.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Ele abriu mão do sonho de jogar na  NFL para se tornar um neurocirurgião

Depois de se destacar no Florida State como safety, acabou se tornando a sexta escolha do draft pelo Tenesee Titans. Dois anos após a escolha, se transferiu ao Pittsburgh Steelers. Mais uma temporada e ele resolveu tomar o rumo da vida.

Morin viu que o futebol americano era apenas um hobby em sua vida e seu sonho era se tornar um neurocirurgião. Se formou em medicina, fez sete anos de residência e hoje é o doutor Rolle.

Deixou o passado de sucesso como promissor jogador (foi eleito o melhor primeiro anista ainda na universidade) para se dedicar à medicina "para salvar vidas e ajudar as pessoas". Escolha nobre.
--
Enviado de meu dispositivo Android com mail. Desculpe-me pela brevidade.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
Chuchu.Beleza
Equipe Storia Brasil