Nas telinhas
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Nas telinhas
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Nas telinhas
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

The Walking Dead volta com tensão, selvageria e o fim do mistério

DaniBoy
há um ano6 visualizações

‘Uni-duni-tê’. A tão esperada estreia da 7ª temporada de The Walking Dead trouxe todo o suspense e tensão já esperados desde o último capítulo, há mais de seis meses. Com muita selvageria.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

A partir daqui, esse texto contém spoilers. Como o da vítima de Negan.

Novo personagem, que apareceu apenas no final da temporada anterior, Negan deve ter destaque agora. É o novo vilão, daqueles de botar medo até em Rick, e a relação entres eles vai se intensificar, para o bem ou para o mal (para o mal, obviamente).

Se a história central do seriado é sobre zumbis, os morto-vivos foram apenas coadjuvantes neste episódio que passou domingo na Fox. Todos queriam saber quem seria a vítima de Negan e sua Lucille – o nome dado ao bastão de beisebol revestido com arame farpado. E quando vemos que Abraham recebeu a sentença de morte, por algum momento a maioria dos fãs ficou aliviada – ele não era um dos personagens mais carismáticos, e nem dos mais antigos da série.

The Walking Dead volta com tensão, selvageria e o fim do mistério

Mas nem por isso o impacto foi baixo, devido às fortes cenas de violência: crânio esmagado, sangue voando, câmera sempre aberta mostrando tudo.

Nesses últimos meses, a expectativa para saber desse desfecho era grande, as apostas para conhecer a vítima rolavam na internet, mas havia também um medo de que a produção de TWD não conseguisse uma cena à altura de todo o suspense.

Mas, tudo foi conseguido com maestria, ao menos nesse sentido. O episódio começou mostrando o pós-morte, com Rick completamente abalado e sendo manipulado por Negan, mantendo um pouco mais o enigma. E aí, pouco depois do massacre de Abraham, somos surpreendidos novamente.

Após Deryl se irritar e partir para cima de Negan, o vilão coloca sua Lucille novamente em ação. Desta vez em Glenn, numa cena ainda mais violenta.

The Walking Dead volta com tensão, selvageria e o fim do mistério

Glenn era um personagem bem querido pelo público, apesar de sua morte/não morte na última temporada não ter sido bem digerido por parte dos fãs (deu-se a entender que ele havia sido atacado por zumbis em um episódio, sumiu por um tempo e depois voltou vivo). Agora, não há mais volta.

Essa primeira hora da 7ª temporada serviu mais para mostrar o poder de Negan e o desespero de Rick e sua turma. Sempre dono das ações, Rick está vendo mais uma vez que os zumbis estão longe de ser seu principal problema, e como é difícil viver refém de alguém.

Esse jogo psicológico já apareceu em outras temporadas de TWD, mas talvez não tão forte quanto agora. Faz bem para a série, mas não pode ser seu tema central.

Nos próximos episódios, vamos descobrir como Rick fará para conviver sob as ordens do sádico Negan, e onde andam Carol e Morgan, que podem fazer nova aliança. E aguardar a volta dos zumbis!

#serie #tv #twd #thewalkingdead #fox #zumbi

Do celular para a TV: Candy Crush vai virar atração em emissora americana

DaniBoy
há um ano5 visualizações

Há pouco mais de dois anos, quando eu ainda tinha um celular 'normal' (sem internet) e não um smartphone, lembro de uma amiga me perguntar indignada: 'Mas como você joga Candy Crush?' Eu não jogava. Até conseguir um iPhone. E o vício me pegou.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Todo mundo deve conhecer esse 'maldito' joguinho de celular. Maldito no bom sentido, se é que isso é possível. É meu companheiro na sala de espera do médico. No ônibus. No comercial de um filme. De bobeira em casa. Na piscina. E por aí vai...

Do celular para a TV: Candy Crush vai virar atração em emissora americana

Quer ter uma ideia do fenômeno que é o Candy Crush? Até o meio do ano, ele reinava sozinho como game de celular, com cerca de 20 milhões de usuários ativos por dia - perdeu o posto em julho para o Pokémon GO, com 21 milhões.

Esse fenômeno fez com que o jogo saísse dos smartphones para a TV. E ele vai se transformar num game-show na rede norte-americana CBS.

Para resumir o game do celular, os jogadores têm de reunir doces coloridos em uma linha para eliminá-los da tela e somar pontos. São mais de 2 mil fases que fazem todo mundo ficar vidrado no jogo. O formato deve ser parecido na TV: participantes divididos em duplas vão interagir num grande tabuleiro para completar as tarefas/desafios.

O programa terá 1 hora de duração, mas ainda não tem a data de estreia nem o apresentador. A ideia é que o projeto se estenda para outros países. "Nós somos grandes fãs de Candy Crush e, como muitos outros, nós sabemos dessa agitação para passar para a próxima fase do game”, afirmou Glenn Geller, presidente da CBS Entertainmet.

Se o programa na TV repetir o sucesso dos smartphones, ninguém tem dúvida que a audiência será alta.

#celular #tv #candycrush #jogo #game #eua #cbs

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por