FUTEBOL

Arsenal não vai ser campeão outra vez, e técnico achou um culpado inusitado

Daniel Akstein
Author
Daniel Akstein

Quarto colocado no Campeonato Inglês, o Arsenal já deu adeus às chances de título, restando três rodadas para o término da competição: está 12 pontos atrás do líder Leicester City. Questionado no cargo, o técnico Arsene Wenger já achou um culpado por mais uma temporada de fracassos: a torcida e o clima ruim no Emirates Stadium.

Arsenal não vai ser campeão outra vez, e técnico achou um culpado inusitado

Culpar a torcida é como dar um tiro no pé, é romper de vez com quem você mais precisa contar no ano. Na semana passada, na vitória por 2 a 0 sobre o West Bromwich, o treinador já havia reclamado de um boicote dos torcedores, por causa do vazio nas arquibancadas.

Há 12 anos sem um título nacional, a expectativa era que agora o Arsenal sairia vitorioso, ainda mais com Chelsea e Manchester United sem tantas forças. Apesar de um bom começo, o time sofreu alguns tropeços e viu o azarão Leicester disparar, com o Tottenham na vice liderança. O Manchester City vem na terceira colocação com os mesmos 64 pontos que o Arsenal.

Wenger reagiu às críticas que vem sofrendo e diz que os fãs que pedem sua demissão contribuíram para a queda do time nesta temporada. Que desculpa esfarrapada, heim!

“Esse clube tem valores especiais e minha experiência ao longo dos anos diz que devemos ficar unidos e apoiar o time. Não há sucesso sem isso”, afirmou, culpando ainda os resultados ruins no estádio por causa do pouco apoio da torcida. “Perdemos o campeonato em casa contra os times mais fracos, mas jogamos em um ambiente difícil.”

Não bastasse criticar a torcida, Wenger ainda bateu em ex-jogadores que andam falando mal do time, como Ian Wright, Paul Merson e Thierry Henry. "Algumas pessoas questionam o caráter dessa equipe, mas algumas pessoas que eles questionam têm menos caráter do que esta equipe tem.”

Apesar de não conseguir o título, o Arsenal ainda está na briga por uma vaga na Liga dos Campeões: só depende de si para conseguir a classificação. Mesmo assim, o clima entre Wenger e a torcida não deve melhorar muito. Ainda mais após essas declarações sem tanto fundamento. Afinal, culpar o outro por um resultado ruim seu é sempre uma desculpinha que não cola.

No jogo contra o Norwich, neste sábado, em casa, a torcida deve levar faixas contra Wenger em mais um dia de protestos. De acordo com o jornal The Telegraph, os torcedores planejam realizar um plebiscito para pedir a saída do treinador, que está no cargo desde 1996. A situação realmente não está nada fácil.

Arsenal não vai ser campeão outra vez, e técnico achou um culpado inusitado

#futebol #campeonatoingles #arsenal