TV

Filho de Pablo Escobar aponta 28 erros na 2ª temporada de Narcos

Daniel Akstein
Author
Daniel Akstein

Um texto de Sebastian Marroquin sobre Pablo Escobar no Facebook, no último dia 6 de setembro, está dando o que falar: ele enumera vários erros da segunda temporada de Narcos.

Mas quem é Sebastian Marroquin, a maioria deve estar se perguntando. O post só ganha proporções porque o autor do texto é simplesmente Juan Pablo Escobar, o filho do narcotraficante que depois mudou de nome.

Juan é bastante retratado na série, esteve bastante ao lado do pai após ele fugir da Catedral - a prisão que ele mesmo construiu para ficar 'preso'. E a fuga é justamente um dos erros da série, segundo Sebastian. No total, ele apontou 28 falhas no texto chamado 'Narcos 2 y sus 28 Quimeras'. Aqui vão alguns deles:

Filho de Pablo Escobar aponta 28 erros na 2ª temporada de Narcos

Time errado - Erraram o time de futebol de Escobar. Segundo o filho, o correto era o Deportivo Independiente Medellin e não o Atlético Nacional, como foi retratado. "Se os roteiristas não sabem nem o time favorito de Pablo, como se atrevem a contar o resto da história e vendê-la como certa?", escreveu.

La Quica - O sicário tem um papel importante na série, principalmente na sua parte final - ele segue quase até o fim com o patrão. Mas Sebastian lembra que o bandido havia sido preso em setembro de 1991 em Nova Iorque, e não podia ter escapado de La Catedral em julho de 92. 

Fuga calma - A fuga, aliás, ganhou destaque e foi pintada na série quase como espetacular, quando na verdade quase não houve enfrentamento entre os sicários de Escobar e a polícia. "Apenas um guarda foi morto. Os que ficaram, não se enfrentaram. Meu pai não teve contatos ou ajuda da lei para escapar. A fuga estava desenhada desde a construção da cadeia. Meu pai ordenou que deixassem alguns tijolos frouxos."

Filho de Pablo Escobar aponta 28 erros na 2ª temporada de Narcos

Vovó traíra -  Hermilda, a mãe de Escobar, é às vezes uma senhorinha boazinha, uma vovó e mãe afetuosa, mas com uma moral duvidosa na série. Mas sempre aparece ao lado do filho. Uma ligação falsa e mentirosa, segundo o neto. "Minha avó paterna traiu meu pai e aliou-se com seu filho mais velho, Roberto". Ele afirma que sua avó só conseguiu viver tranquila na Colômbia depois da morte do filho, porque negociou com os Los Pepes.

Sem luxo - Depois da fuga da Catedral, vemos Escobar e família indo de uma mansão para outra, sempre vivendo bem. "Não haviam tantas comodidades na época posterior a La Catedral. Vivíamos em cortiços e não em mansões."

Nada de conversas secretas - Vemos na série, já no final, um Pablo escondido se comunicando através de telefone secreto com sua família que estava num hotel. Nada disso aconteceu. "Meu pai não falou no telefone com ninguém, usávamos o do lugar." O filho normalmente desligava o telefone para evitar qualquer rastreamento, mas, segundo ele, na última ligação Pablo deu seu nome e sobrenome para a telefonista, já a fim de ser localizado.

A verdadeira morte - Sebastián diz que seu pai suicidou e que não foi morto pela polícia (e, nesse caso, o erro nem é da série, mas como a história verdadeira foi contada pela polícia). "Não me surpreende que o tiro que o matou partiu de sua própria pistola, a dois milímetros de distância."

O texto completo de Sebastian Marroquin pode ser visto aqui:

E, se você quer saber mais sobre esta segunda temporada de Narcos, aqui vai uma crítica:

#narcos #escobar #pablo #netflix