Esporte é foda
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Esporte é foda
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Esporte é foda
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Conheça as três atletas que disputaram Olimpíada e Paralimpíada no Rio

DeTudoUmPouco
há um ano75 visualizações
Conheça as três atletas que disputaram Olimpíada e Paralimpíada no Rio
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

A discussão sobre a possibilidade de atletas paralímpicos disputarem as Olimpíadas voltou à tona quando quatro para-atletas dos 1500m da classe T13 (deficientes visuais com menor grau de cegueira) fizeram um tempo melhor do que o medalhista de ouro olímpico. Um detalhe importante é que a prova olímpica foi propositalmente mais lenta no Rio, por estratégia dos líderes, mas o que poucos comentaram é que há três atletas olímpicas e paralímpicas na Cidade Maravilhosa.

A arqueira iraniana Zahra Nemati se tornou nas Paralimpíadas de Londres a primeira mulher medalhista de ouro da história do país (incluindo Olimpíadas). Por isso, assim que ela conseguiu a vaga para disputar os Jogos Olímpicos pela primeira vez no Rio, o Irã a escolheu como porta-bandeira para a cerimônia de abertura. 

Conheça as três atletas que disputaram Olimpíada e Paralimpíada no Rio

Competindo ao lado de arqueiros sem limitações físicas, ela ficou em 33o lugar. Nas Paralimpíadas, já ganhou a prata na prova por equipes e tem a chance de se tornar bicampeã paralímpica no individual. Um acidente de carro em 2003 fez com que ela perdesse o movimento das pernas e trocassse o taekwondo pelo tiro com arco.

A mesa-tenista polonesa Natalia Partyka está fazendo a dobradinha Olimpíadas-Paralimpíadas desde Pequim-2008. Ela é dominante na classe 10 e acabou de se tornar tetracampeã paralímpica no Rio, além de ter uma prata em Pequim e um bronze em Londres em categoria por equipe.

Conheça as três atletas que disputaram Olimpíada e Paralimpíada no Rio

Partyka não conseguiu medalhas nas Olimpíadas, mas inspira suas colegas a cada edição disputada. Ela nasceu sem a mão e o antebraço direito, mas apóia a bolinha neste braço para jogar com a mão esquerda.

A australiana Melissa Tarper não é tão vencedora quanto Patyka, inclusive perdendo para a polonesa nas Paralimpíadas do Rio, mas recebeu muita atenção em seu país, por ser a primeira australiana a disputar Olimpíadas e Paralimpíadas, também na classe 10. Ela tem uma condição chamada paralisia de Erb, que faz com que ela tenha limitação de movimento na mão direita, e assim jogue com a esquerda.

Conheça as três atletas que disputaram Olimpíada e Paralimpíada no Rio

Atletas olímpicos e paralímpicos não são novidade. Já são 15 na história, desde os anos 80, incluindo o famigerado corredor sul-africano Oscar Pistorius. Com o nível cada vez maior dos atletas paralímpicos, não é difícil imaginar um futuro em que atletas com deficiências possam desafiar os olímpicos com maior frequência.

#olympics #paralympics #rio2016 #sports 

'Brasil fez o melhor que podia', diz Phelps a Jimmy Fallon. E sobrou para Lochte

DeTudoUmPouco
há um ano59 visualizações
'Brasil fez o melhor que podia', diz Phelps a Jimmy Fallon. E sobrou para Lochte
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Michael Phelps continua determinado a manter sua barra limpa com o Brasil. O maior nadador (atleta?) da história elogiou os nossos esforços para realizar as Olimpíadas do Rio no programa de Jimmy Fallon e, obviamente, riu da situação ridícula em que seu colega, Ryan Lochte, se meteu.

Primeiramente, Fallon deu a Phelps uma versão grande de sua "cara de morte", feita logo antes da semifinal dos 200m borboleta contra Chad Le Clos. O nadador confessou que sabia na hora que sua expressão estava sendo captada pela câmera e que aquilo daria assunto.

Em seguida, Fallon pergunta como foi a experiência de Phelps no Brasil. Ele disse que as pessoas eram muito bacanas e que "eles fizeram o melhor que podiam". Difícil discordar. Quando o apresentador quis saber mais sobre a vida social na Olimpíada, Phelps deixou claro que foi da Vila para um hotel com a família e deixou o país após dois dias.

"Ao contrário de certas pessoas...", engatou Fallon, que se vestiu de Ryan Lochte para apresentar o prêmio de Melhor Clipe do Ano no VMA. O humorista ainda brincou que Lochte não o convidou para a noitada que acabou com seu falso testemunho e que Phelps poderia ter falado para ele onde estava o banheiro. #LOL

Além de ter vencido Lochte nas piscinas, Phelps claramente venceu seu compatriota em nossos corações.

#phelps #jimmyfallon #ryanlochte #lochtegate #swimming #rio2016 #olympics

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
DeTudoUmPouco
Equipe Storia Brasil