FUTEBOL

Carpegiani nem bem chegou ao Flamengo e já é rejeitado pela torcida

Autor

Paulo César Carpegiani foi o treinador do Flamengo em suas maiores conquistas - Libertadores e Mundial de 1981 - e tinha tudo para retornar ovacionado para essa terceira passagem no comando do clube. Não apagará a história, mas... Ele nem bem começou a trabalhar e já sofre com a enorme rejeição dos rubro-negros.

As redes sociais servem de coração para os flamenguistas. Nela fizeram festa pelo adeus de Márcio Araújo e imploram pelo acerto de Adriano. E bastou Reinaldo Rueda "desrespeitar" o clube e se mandar para a seleção do Chile para o assunto "novo treinador" dominar.

A diretoria do Flamengo mandou as boas-vindas a Carpegiani, de 68 anos, mostrou euforia pelo acerto e deflagrou o "taca-lhe pau". É pancada para todo lado e muita gente ironizando "a visão de renovação" dos dirigentes. Sem contar, claro, com as críticas a Rueda.

Muitos até ressaltam o respeito e idolatria por Carpegiani, mas o acham ultrapassado para o futebol moderno. E, com sutileza ou tiradas de bom humor, lembraram bastante a "aposta" para 2018. Há quem já espera por 2019. Outros ironizam que só falta Petkovic com a 10.

O planejamento está atrasado por causa da espera por Rueda - o colombiano fez pouco caso do gigante do Rio já acertado com os chilenos - e as contratações devem chegar já com campeonatos rolando, o que aumenta ainda mais a desconfiança. Carpegiani terá de ter técnico, psicólogo e mágico para "ganhar" os flamenguistas. Conseguirá?

Carpegiani nem bem chegou ao Flamengo e já é rejeitado pela torcida