FUTEBOL

E aí presidente? Atacante pede "portões abertos" em "jogo da salvação"

Author

O Sport só escapa do vexame do rebaixamento no Brasileirão com uma vitória na rodada decisiva. Fazendo a "lição de casa", ainda precisará de tropeço de Coritiba ou Vitória para se safar. Complicado? Para deixar a situação um tanto mais difícil e emocionante, o rival é só o campeão Corinthians. Diante de inúmeras dificuldades, o artilheiro André exigiu da diretoria que "abra os portões" da Ilha do Retiro. Com a massa empurrando o time, ele acredita no milagre da salvação.

Após anotar os dois gols da vitória improvável sobre o Fluminense (2 a 1) no Rio, que tirou o time da UTI e o deixou em condições de fechar o ano em festa, André não teve dúvidas em mandar um recado ao presidente Arnaldo Barros.

"Quero falar para o torcedor que a gente está vivo e precisa da Ilha cheia no domingo e que a gente vai ficar (na elite). A entrada tem que ser de graça, já vou passar a responsabilidade para o presidente. Quem quiser (apoiar) é só chegar na Ilha", decretou.

André já soma 15 gols no Brasileirão e sabe que pode ser muito importante na luta contra a queda. Anotar gol (s) no jogo decisivo diante de um campeão com a cabeça em 2018 será vital. E ele resolveu chamar a responsabilidade. Os pernambucanos "estão" com o artilheiro. Vai dar?

E aí presidente? Atacante pede "portões abertos" em "jogo da salvação"

Foto: Twitter oficial/Sport