FUTEBOL

Gabigol quer 'ressurgir' em Portugal. Veja brasileiros que se deram bem por lá

Yazar

Casemiro é tricampeão da Champions League pelo Real Madrid, anotando até gol em final, virou titular absoluto da equipe e ganhou vaga na seleção. Mas sofreu em sua chegada à Europa. Virou um dos exemplos para Gabigol, que tentará "ressurgir" em Portugal, onde muitos brasileiros se deram bem, como o ex-são-paulino.

Vendido a peso de ouro para a Internazionale, sob enorme expectativa, o campeão olímpico decepcionou na Itália e logo acabou no ostracismo. Encostado, vivia de participações raras em determinados jogos.

Emprestado ao Benfica, espera comprovar que não desaprendeu a jogar futebol, sobretudo anotar gols, para recuperar a confiança dos italianos e provar seu valor em Milão num retorno futuro.

Gabigol quer 'ressurgir' em Portugal. Veja brasileiros que se deram bem por lá

Em Portugal, espera repetir o sucesso de uma turma de brasileiros que escreveu o nome por lá, desde Jardel, passando por Liedson e Hulk, e mais recentemente, seu futuro companheiro Jonas. Veja 10 exemplos:

Casemiro

Emprestado ao Porto em 2014, o volante fez uma temporada tão boa que o Real pagou mais de R$ 200 mil por seu retorno em 2015. De volta à Espanha, virou peça-chave no meio-campo merengue e cativou até o melhor do mundo Cristiano Ronaldo.

Jonas

O grande nome do futebol português na atualidade. Depois de algumas frustradas negociações, camisa 9 chegou ao Benfica para arrasar. Em 116 jogos pelo clube, são incríveis 91 gols anotados.

Hulk

Atacante chegou à seleção e disputou a Copa de 2014 graças ao grande desempenho no Porto. Foram 78 gols e títulos no clube até rumar para a Rússia e agora a China.

Liedson

O atacante campeão da Libertadores pelo Corinthians foi um dos grandes ídolos da torcida do Sporting. Foram 143 gols e a adoção da cidadania portuguesa.

Jardel

O ex-jogador é um dos pioneiros. Tocou o Grêmio pelo Porto nos anos 90 para se destacar na Europa. Com faro de gol apurado, anotou de todas as maneiras por lá e até hoje é o maior artilheiro da história do Campeonato Português. Em 186 jogo pelo clube, foi às redes adversárias em 185 oportunidades.

Leo

O lateral ex-Santos defendeu o Benfica por cinco temporadas entre 2005 e 2009 e é muito querido pelos torcedores.

Luisão

O zagueiro também vai ser companheiro de Gabigol e uma espécie de padrinho do atacante no clube, onde é tratado como rei após mais de 500 jogos com a camisa vermelha.

Helton

O goleiro fez enorme sucesso debaixo das traves do Porto por 11 temporadas entre 2005 e 2016. Foram 18 títulos conquistados em Portugal. Antes de chegar ao clube, passou 3 anos no União Leiria.

Deco

O meia luso brasileiro ergueu muitas taças pelo Porto entre 1999 e 2004, para depois brilhar no gigante Barcelona com seus toques geniais e visão de jogo diferenciada.

Diego

Outro ex-santista com boas recordações de Portugal. Ele trocou o campeão Santos em 2004 pelo Porto para erguer outras importantes taças: Champions e Mundial.