FUTEBOL

Libertadores está sendo cruel com campeões e muitos já caíram antes do mata-mata

Autor

A 58° edição da Libertadores é a mais longa e com maior número de representantes da história. Vai durar o ano todo e deu largada com 47 participantes. Desses, 13 já foram campeões e praticamente a metade já deu adeus antes mesmo dos mata-matas.

Quem acreditaria numa edição cruel com seus campeões? A aposta é que todos iriam longe. Mas a história não está sendo boa para quem já ergueu a taça e seis já ficaram pelo caminho. E outros três ainda não se garantiram.

Libertadores está sendo cruel com campeões e muitos já caíram antes do mata-mata

A fase de grupos começou com 11 campeões e 25 edições conquistadas. Curiosamente, a equipe com mais taças nessa lista, o Peñarol (5) foi a que mais rapidamente deu adeus, com uma rodada de antecedência.

Libertadores está sendo cruel com campeões e muitos já caíram antes do mata-mata

O Grupo A foi o mais cruel com os campeões. Favoritos às duas vagas, Atlético Nacional, atual detentor do título, e Estudiantes, dono de quatro troféus, foram surpreendidos por Barcelona do Equador e Botafogo e também com uma rodada pela frente, deram adeus.

Libertadores está sendo cruel com campeões e muitos já caíram antes do mata-mata
Libertadores está sendo cruel com campeões e muitos já caíram antes do mata-mata

O clube carioca, por sinal, vem aumentando sua fama de derrubar campeões, já que na fase prévia deixou Olímpia e Colo Colo pelo caminho.

Libertadores está sendo cruel com campeões e muitos já caíram antes do mata-mata
Libertadores está sendo cruel com campeões e muitos já caíram antes do mata-mata

O Flamengo é o representante brasileiro com taça que já deu tchau. Levou a virada do San Lorenzo, na Argentina, e de líder da chave despencar para terceiro.

Palmeiras e Grêmio ainda não avançaram, mas têm classificação encaminhada. O Nacional do Uruguai tentará não engrossar a lista de campeões eliminados diante do Lanús em confronto direto por vaga.

A disputa está bacana e imprevisível. Apenas os campeões Santos, Atlético-MG, São Lorenzo e River Plate avançaram às oitavas até o momento. Será que teremos um campeão inédito?