FUTEBOL

Meninos da Copinha, vistos como salvadores do Fluminense, caem na primeira fase

Author

O Fluminense passa por uma das maiores crises financeiras de sua história e vem fazendo malabarismo para manter um elenco forte sem estourar o orçamento. Uma saída para dar boas peças ao técnico Abel Braga era o time da Copinha. Mas os garotos decepcionaram ao cair na primeira fase da competição.

O clube carioca se viu obrigado a vender o volante Wendel ao Sporting e ainda rescindiu com os jogadores mais experientes e caros, casos de Diego Cavalieri e Henrique, por exemplo. Scarpa tenta se livrar na Justiça e as trocas viraram um outro caminho para encorpar o grupo.

Mas os meninos de Xerém eram vistos com bons olhos para ganharem uma promoção. E brilhar na Copinha seria enorme passo para a subida aos profissionais. O clube contava com o surgimento de novas promessas, mas...

Foram apenas três jogos na competição paulista, uma vitória e duas derrotas (3 a 2 para o Tubarão-SC e 2 a 0 para o Marília) e pouco apresentado, para desespero de Abel Braga (só recebeu Jadson e Gilberto) e dos dirigentes tricolores. O ano nem bem começou e o Fluminense parece fadado ao fracasso.

Meninos da Copinha, vistos como salvadores do Fluminense, caem na primeira fase