FUTEBOL

O Brasileirão é uma verdadeira roda gigante

Fábio Hecico
Автор
Fábio Hecico

Nunca na história o Brasileirão viveu tantos altos e baixos como neste edição. Fazer uma aposta em campeão, times na Libertadores ou rebaixados é a coisa mais complicada do mundo em 2016.

Nem mesmo confiar que o Palmeiras, dono da maior regularidade, erguerá a taça em dezembro é palpite certo. Mas alguns times andam se superando nesta edição.

O Brasileirão é uma verdadeira roda gigante

Equipes que começaram voando tiveram queda impressionante e outros que flertaram bastante com a queda já falam em briga entre os primeiros. Que efeito gangorra surreal.

Veja como anda a roda gigante nacional para alguns clubes, com sobe e desce incrível.

DESCE

São Paulo

Iniciou a competição com um dos elencos mais e sob enorme confiança. De repente, uma eliminação dolorosa na Libertadores, saída de alguns jogadores e o time desabou. São apenas duas vitórias nas últimas 14 rodadas, contra os dois piores colocados. A ameaça de queda aumenta a cada jogo.

O Brasileirão é uma verdadeira roda gigante

Grêmio

Terceiro colocado em 2015, o time gaúcho acreditava em voos maiores agora. Mas de uma hora para outra o time virou saco de pancadas fora de casa e até a vaga na Libertadores ficou bastante ameaçada. A surra por 4 a 0 diante do Coritiba trouxe pequena crise ao clube.

O Brasileirão é uma verdadeira roda gigante

Santos

O time está reclamando muito da arbitragem da derrota para o Inter (então 18° colocado), mas as últimas visitas da equipe, todas diante de ameaçados, mostra que o time caminha para baixo após perder para América-MG, Figueirense e Coritiba (todos estavam na degola na rodada do encontro).

O Brasileirão é uma verdadeira roda gigante

Santa Cruz

Ninguém poderia apostar em título dos pernambucanos, mas o início prévia coisas boas na volta à elite do campeão estadual e da Copa do Nordeste. Liderou, teve o artilheiro e agora só tropeça. O rebaixamento parece inevitável.

O Brasileirão é uma verdadeira roda gigante

SOBE

Botafogo

Depois do título da Série B, o Fogão prometia campanha digna na elite, mas começou dando sustos na torcida e mais uma vez figurando entre os piores. Curiosamente, após a saída de Ricardo Gomes o time se achou Ganhou quatro dos últimos cinco duelos e já fala em brigar pela Libertadores.

O Brasileirão é uma verdadeira roda gigante

Cruzeiro

Outro que começou muito mal, o time mineiro se encontrou com Mano Menezes e também sobe no modo turno na tabela, já deixando de vez para trás o risco de queda.

O Brasileirão é uma verdadeira roda gigante

Internacional

Após 84 dias sem ganhar na Série A, fez 2 a 1 no Santos e deixou a zona de perigo. Mis que o resultado, a festa é pela evolução do futebol do Colorado, que já dá sinais claros de melhora com Celso Roth.

O Brasileirão é uma verdadeira roda gigante