FUTEBOL

O Vozão voltou, o Vozão voltou. Ceará retorna à elite após 7 anos. Paraná também

Autor

O árbitro apita o fim do jogo em Natal e dá início à festa em... Fortaleza e Santa Catarina. Esquisito? Com a vitória do ABC sobre o Oeste, antes mesmo de entrar em campo diante do Criciúma, fora de casa, o Ceará finalmente pôde comemorar o tão sonhado retorno à elite do futebol brasileiro. O grito de "O Vozão voltou, o Vozão voltou", deu o ar da graça em duas cidades e ecoou pelo Nordeste.

Após sete anos, um dos times mais queridos do Nordeste, daqueles que arrastam multidão ao estádio e têm torcida fervorosa, volta para um lugar de onde jamais deveria sair.

Dá orgulho ver a paixão do torcedor pelo Ceará. Time de massa deve sempre ter lugar cativo entre os maiores e nada mais justo que o Vozão - para êxtase de Tom Cavalcante - crave raiz na primeirona e fique lá por bom tempo.

Mesmo com o acesso garantido antes mesmo de jogar, a equipe entrou em campo em clima de festa (vestia camisa personalizada pela meta atingida) e com seriedade. Tanto que somou um bom 1 a 1 com o Criciúma. O empate deu sabor ainda mais doce ao retorno à Série A.

A festa foi grande nas redes sociais e até o presidente do Bahia, Marcelo Santana, fez questão de parabenizar e elogiar o Ceará pelo Twitter. Um reconhecimento e tanto para quem estava distante dos melhores desde 2011.

Não há como deixar de dar os parabéns ao Ceará, assim como também ao Paraná, o outro promovido do dia com vitória maiúscula em visita ao CRB. Eles se juntam a América-MG e Internacional, que vão disputar o título da Série B na rodada final.

O Vozão voltou, o Vozão voltou. Ceará retorna à elite após 7 anos. Paraná também

Foto: Twitter oficial