FUTEBOL

Palmeiras não aprende e aposta outra vez em novato, para desespero da torcida

Fábio Hecico
Autor
Fábio Hecico

O Palmeiras tentou Abel Braga, sonhou com Felipão, mas anunciou a chegada do técnico Roger Machado para 2018. Depois de um sofrido ano de 2017, o clube repete o erro e aposta em um novato. O novo comandante nem chegou ainda e já é contestado. Muitos palmeirenses estão desesperados e torcendo o nariz para a escolha da diretoria.

Apesar de trabalho bom no Grêmio (terceiro lugar no Brasileirão), Roger Machado tem um currículo pobre no futebol: não deu certo dirigindo um Atlético-MG com muitos medalhões (mesmo ganhando o Mineiro) e o temor é que também fracasse no milionário elenco verde. Todos queriam um técnico "cascudo".

O pior é que o novo treinador - assinou por um ano - não terá muito tempo para implantar sua filosofia no Palmeiras. Ele já chegará pressionado a ganhar tudo na próxima temporada. A meta verde é apagar a má impressão deixada em 2017, ano de vexames e eliminações.

É aí que mora o perigo. Como Roger reagirá sob pressão? Conseguirá cativar o torcedor? Por ora, só vem recebendo bordoadas e críticas. A exigente torcida verde não gostou nada de seu acerto e até criou uma hashtag #ForaRoger.

Palmeiras não aprende e aposta outra vez em novato, para desespero da torcida

Foto: Divulgação/Palmeiras