FUTEBOL

Pode isso, Arnaldo? Torcedor palmeirense entra no estádio com um... porco

Autor

Não é tão simples entrar num estádio de futebol no Brasil. Você perde enorme tempo na fila da revista da Polícia Militar e fica impedido caso esteja com fogos de artifício, latas de bebidas, guarda-chuva e até um simples isqueiro. Mas um palmeirense conseguiu a façanha de aparecer nas arquibancadas do Estádio Olímpico de Goiânia com um... porco.

O homem flagrado pelas câmeras do Premiere FC estava com um pouquinho preto no colo fazendo alusão ao time que torce. E entrou de boa no estádio, já que não há como esconder um bicho daquele tamanho - muitos burlam a segurança escondendo coisas "proibidas".

Galvão Bueno em suas dúvidas na regra certamente perguntaria: "Pode isso, Arnaldo?", ao comentarista de arbitragem e amigo pessoal. A resposta, provavelmente, seria não. Mas como Lúcio Nunes é folclórico em Goiânia...

O palmeirense se define como "torcedor-raiz" e sempre aparece nos jogos do Anápolis com um galo, símbolo da equipe. Agora ele teve a entrada facilitada em jogo de Série A para ver o Verdão.

Imagina se a moda pega e todo mundo arruma um "jeitinho" para entrar com mascotes no estádio? Quem vai ficar na Ilha do Retiro com um leão, no Heriberto Hulse com um Tigre, ou uma baleia na Vila Belmiro?

Pode isso, Arnaldo? Torcedor palmeirense entra no estádio com um... porco
Pode isso, Arnaldo? Torcedor palmeirense entra no estádio com um... porco

Fotos: Reprodução Premiere FC