FUTEBOL

Treinadora desprezada e dispensada da seleção por WhatsApp já tem novo emprego

Fábio Hecico
Autor
Fábio Hecico

O sorriso está de volta ao rosto de Emily Lima, como prova a foto de sua assinatura de contrato para dirigir as Sereias da Vila. Desprezada na seleção brasileira e demitida por WhatsApp, a treinadora está de volta para fazer o que mais gosta. O Santos é sua nova casa.

Emily chega para conduzir uma das mais fortes equipes do futebol feminino do país a novas conquistas.

“Já tive a oportunidade de vestir a camisa do Santos FC no início da carreira e sempre foi uma meta chegar a treinadora do clube. Hoje estou aqui. A torcida pode esperar muito trabalho. Já planejamos algumas coisas e vamos ter um time alegre, que vai fazer o torcedor muito feliz”, prometeu a técnica.

Profissional exemplar, Emily tinha tudo para fazer belo papel na seleção, mas os dirigentes não tiveram paciência no seu trabalho e a demitiram com somente 10 meses de trabalho. Agora, ela tem a chance de mostrar toda sua capacidade e competência no Santos, que não pensou duas vezes em chamá-la após o cargo ficar vago. Atitude exemplar e com tudo para dar certo.

Treinadora desprezada e dispensada da seleção por WhatsApp já tem novo emprego