FUTEBOL

Vilões dos atacantes? Com muitas falhas, rodada é cruel para os goleiros

Yazar

Você pode pesquisar, queimar neurônios, que nunca achará na história uma jornada de Campeonato Brasileiro com tantas falhas de goleiros. A quinta rodada da Série A deixou os vilões dos atacantes envergonhados.

Nossos camisas 1 - nem todos, já que hoje em dia virou moda goleiro jogar com números alternativos, como o 12 - tiveram um meio de semana para ser esquecido. Daqueles que podem até custar a vaga de titular.

Vilões dos atacantes? Com muitas falhas, rodada é cruel para os goleiros

Que o diga Alex Muralha, do Flamengo. O goleiro tinha uma bola dominada na área e ao tentar sair jogando deu no pé de Osvaldo, do Sport. O atacante fez o gol, o Rubro-Negro saiu derrotado e a torcida já pede sua saída do time e até do clube.

O Flamengo não fala abertamente, mas já procura um novo camisa 1. Sondou Walter, do Corinthians, e Diego Cavalieri, do arquirrival Fluminense.

Assim como Alex Muralha, outros companheiros de profissão tiveram uma noite amarga de sono por causa de falhas bobas por posicionamento, erro na saída do gol ou mesmo pela mão mole. Veja:

Fernando Prass

O goleiro do Palmeiras demorou muito para decidir o que fazer após um lançamento de Márcio para Matheus Galdezani, do Coritiba. Não saiu na bola nem se posicionou bem e acabou sofrendo o gol que decretou nova derrota da equipe.

Cássio

Apesar do grande ano que vive no Corinthians, o goleiro saiu caçando borboletas no cruzamento de Nenê no primeiro gol do Vasco em São Januário. Menos mal que sua equipe fez 5 a 2 e a falha não atrapalhou.


Helton Leite

Depois de perder a condição de titular para Gatito Fernández, ele ganhou a chance diante do Santos com a convocação do paraguaio. E tudo ia bem diante do Santos até os 50 minutos do segundo tempo, quando ele foi com a mão mole numa cobrança de falta e levou um frango. Foi o gol da derrota.


Marcelo Grohe

O Grêmio aplicou uma baita surra na Chapecoense em plena Chapecó. Apesar de vibrar com o 6 a 3, o goleiro falhou feio numa cobrança de falta de Luiz Antônio, caindo com a bola dentro do gol.

Jandrei

Levar seis gols num jogo é um pesadelo para qualquer goleiro. Com um deles sendo de cobertura, em chute do meio de campo, pior ainda. O goleiro da Chapecoense viveu esse dia desastroso.