OUTROS

Hillary Clinton fez uma promessa e agora vamos ficar de olho

Amanda Previdelli
Author
Amanda Previdelli

Promessa feita para as mulheres tem de ser promessa cumprida!

Uma das favoritas para se tornar candidata a presidente dos Estados Unidos pelo partido democrata americano, Hillary Clinton prometeu que, se eleita a primeira presidente mulher nos EUA, metade do seu gabinete vai ser composto por mulheres. 

E as feministas acharam ótimo. Como não? Teve gente que falou por aí que isso são ~cotas. Primeiro que não há nada de errado com cotas para reparações históricas e busca de equidade. Segundo que vou deixar a própria candidata explicar por que ter metade de seus funcionários do gênero feminino é algo básico:

"Bom, eu vou ter um gabinete que se parece com os Estados Unidos, e 50% dos Estados Unidos são mulheres".

Deu pra entender?

Tudo aconteceu em um evento de campanha. Primeiro ela foi questionada por um membro da plateia por que era feminista. Sua resposta? "Eu acredito que as mulheres merecem os mesmos direitos que os homens em todos os aspectos de nossa economia e sociedade". Depois, a mulher que estava mediando o evento fez uma nova pergunta no mesmo tema, questionando como a pré-candidata pretendia, pessoalmente, reduzir a desigualdade de gênero. Ela citou o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, que prometeu um gabinete composto por 50% de mulheres e cumpriu a promessa e questionou se Clinton faria a mesma promessa.

A resposta, pelo visto, é sim.

Vamos acompanhar.

#feminismo #desigualdadedegênero #política #hillaryclinton #eua