MULHERES

Filhos: cada fase uma dor e uma delícia

Helena Sordili
Author
Helena Sordili

Num desses grupos de WhatsApp maternos, ou de amigas, uma mãe fala da felicidade do filho mais velho completando 16 anos, enquanto a outra fala da filha de 9 que descobriu que o Papai Noel é a mamãe.

Filhos: cada fase uma dor e uma delícia

Enquanto o de 16 está começando a namorar, a de 9 ainda tem asco dos meninos porque eles são "muito bobos". Um já tem uma vida semi-independente, a outra está querendo conquistar algumas responsabilidades e autonomias.

As outras mães do grupo falam dos seus filhos: um que voltou a dar trabalho para comer, o outro que não quer fazer lição de casa, mais um que se mostrou solidário à nova aluna Down da escola, ou ainda aquele que ganhou a vaga no time principal da escolinha de futebol .

Mães e suas dores e delícias!

Todos os dias a gente aprende a lidar com sentimentos opostos, conflitantes, complementares, desconhecidos. Haja equilíbrio para aguentar a montanha-russa emocional diária.

A cada fase uma nova dor e uma nova delícia. Dos choros e cólicas às primeiras risadinhas, da alfabetização aos ralados nos joelhos, da fase do "por que?" à fase do "já sei"... eles crescem e extrapolam os nossos sentimentos e limites.

Você pode ficar brava, perder a paciência, mas depois vem algo que te enche de orgulho, de alegria e admiração por ser mãe dessa pessoinha ou desse adolescente maravilhoso. Em geral dá trabalho - se não tiver dando trabalho tem algo errado aí, mas a gente sabe que está no caminho certo (se é que isso existe mesmo) quando eles mostram o lado humano, sincero e puro do próprio desenvolvimento.

Conviver de perto com seus filhos e com outras crianças, ou acompanhar relatos de mães e pais (sejam seus amigos ou em grupos maternos da escola ou nas redes sociais) faz com que você aprenda mais sobre diversidade, educação, estilos de vida e, claro, dores e delícias individuais.