ENTRETENIMENTO

O mundo precisa mesmo de heroínas na Síria

Helena Sordili
Author
Helena Sordili

Se tem uma coisa que aprendi com a arte é que ela é o reflexo da sociedade.

Às vezes demoramos a entender o real sentido de uma crônica, de um livro, de um filme ou de uma história em quadrinhos mas, quando vem a epifania/eureka/insight, ligamos os pontos e entendemos.

Acontece muito nas artes plásticas - eu que estudei numa faculdade que respirava arte e vivia imersa nesse mundo tomava vários sustos/choques, acontece no cinema chamado "alternativo" e até nas letras de funk pancadão!

Arte, em todos os seus estados, são reflexo da nossa sociedade.

E a Marvel (quem mais se não ela!!) lançou uma série de quadrinhos em conjunto com ABC News que retrata a luta pela sobrevivência de uma mãe síria, Madaya Mom.

O mundo precisa mesmo de heroínas na Síria

Fonte: ABC News

Os posts originais foram publicados pela ABC há um ano e em outubro ganharam a versão quadrinhos pela Marvel. E não é por falta de heróis que a Marvel se envolveu nessa, mas para mostrar a vida real por um ângulo didático e que atinja públicos diferentes das mídias tradicionais.

O relato de uma mãe em plena guerra, tentando proteger sua própria vida e dos familiares.

Ficou interessado? Você pode ler aqui:

A quantidade de famílias mortas, destruídas e de crianças sozinhas na Síria dói meu coração só de pensar. Essas famílias precisam mais do que a heroína Madaya, precisam de muitas heroínas e heróis, em todo o mundo. 

A arte imita a vida e, nesse caso, seria muito bom que a vida imitasse a arte, e que a Marvel desse conta do recado.