HOLLYWOOD

Game of Thrones S06E09 - A Batalha que Não Foi Tudo Isso

Ingrid Schmidt
Author
Ingrid Schmidt

Sim, eu sei que a Batalha dos Bastardos ganhou um Emmy. Sim, eu sei quantos dias e quantos cavalos foram usados nas gravações. Sim, eu sei que foi o mesmo diretor responsável pela batalha de Durolar. Mas não, essa não foi a melhor batalha de todas as temporadas.

Uma coisa que precisa ficar clara aqui é que eu não estou criticando a direção da batalha, mas sim o roteiro. De fato, ela foi muito bem dirigida, gravada e editada, mas a história foi tão ridícula que eu não consigo entender como as pessoas a defendem com unhas e dentes.

Para começar, algumas cenas antes da batalha, temos uma conversa entre Sansa e Jon. Uma conversa em que ela poderia PERFEITAMENTE ter mencionado que o exército do Mindinho talvez estivesse vindo, mas tudo bem, ela não o fez por medo de ser traída ou seja o que for. Nessa conversa, Sansa diz: “Não faça o que ele espera que você faça.” O que Jon fez, do começo ao fim? TUDO O QUE RAMSAY ESPERAVA QUE ELE FIZESSE.

Era ÓBVIO que ele iria usar o Rickon, mas Jon correu até ele mesmo assim (e falando em Rickon: não precisa ser nenhum gênio para pensar que correr em linha reta é o pior jeito de fugir de uma chuva de flechas). Era óbvio que Ramsay estava fazendo com que ele atacasse para cercá-lo. Era óbvio que Ramsay ia ficar longe da batalha em si. E o que Jon fez? Caiu como um patinho em todas as armadilhas dos Bolton.

O que aconteceu com a história de “Quando os homens de Ramsay perceberem que ele não lutaria por eles, irão se voltar contra ele?”, a tal “estratégia” de Jon? Eu fiquei a batalha toda esperando pelo momento em que ele gritaria para os homens que estavam lutando para prestarem atenção em Ramsay, mas ele não usou essa estratégia EM NENHUM MOMENTO.

Além disso, ouvi várias pessoas comentando sobre o quão agonizante foi a cena de Jon preso embaixo da pilha de corpos, mas eu não achei nem um pouco. Era ÓBVIO que ele não iria morrer. Sim, estamos falando de Game of Thrones, mas o Lorde da Luz (ou os roteiristas) não teriam trazido ele de volta pra morrer quenem um banana numa batalha tão tosca. Quem eu esperava que morresse, de verdade, eram Thormund e Davos. E, mais uma vez, a batalha me decepcionou: nenhum dos dois morreu. Na verdade, o único personagem relevante que morreu foi Wun Wun. Isso é Game of Thrones ou um film da Disney? Em que batalha de GOT não morre ninguém importante???

Como se a batalha já não estivesse previsível o suficiente, o final veio para fechar tudo com chave de ouro. Os Stark e seus aliados sendo miseravelmente derrotados pelo plano totalmente previsível de Ramsay, e quem aparece? Sansa, com Mindinho e seu exército salvador da pátria, deus ex machina, como se NINGUÉM ESPERASSE QUE ISSO FOI ACONTECER.

Bem, para não ficar aqui apenas criticando, vou apontar como eu acho que poderia ter sido. Na minha opinião, os Stark deveriam ter perdido a batalha, mas Jon ficaria soterrado embaixo dos corpos e por isso não morreria. Derrotado, ele perceberia que devia ouvir mais a Sansa, que conviveu tanto tempo com Ramsay, e com a ajuda dela, e do exército do Mindinho, eles criariam um plano que não envolvesse um confronto direto para expulsar Ramsay de Winterfell.

Enfim, essa batalha pode ter sido muito bem dirigida, mas foi totalmente previsível e só serviu para provar que Jon Snow realmente não sabe de nada.