PALADAR

3 coisas que você nunca deve fazer ao preparar um filé de frango

Kristina Haddad
Author
Kristina Haddad

Pergunte a quem você quiser: ninguém vai dizer que não sabe fazer um filé de frango. De fato, é uma das tarefas mais fáceis da cozinha. A carne de frango não exige um cuidado minucioso com o ponto (como na carne vermelha). Além disso, o filé já vem cortado do açougue ou do mercado. Então só resta colocar na panela e cozinhar, certo?

3 coisas que você nunca deve fazer ao preparar um filé de frango

Errado. Há três coisas bastante importantes que ninguém deve fazer quando prepara um file de frango. E são erros até bastante comuns. Quer ver?

1. Descongelar em temperatura ambiente

Muita gente não sabe que as bactérias começam a se formar na superfície da carne cada vez que ela fica em temperatura ambiente. Por isso que é mais aconselhável deixar o filé dentro de bolsas seladas e submersas em água fria.

2. Espetar para ver o ponto da carne

Controle os nervos. Resista à tentação de espetar a carne com o garfo para ver o ponto da carne. Cada vez que você faz um furo na carne (também na carne branca do frango), você corta a circulação do suco no filé. Ou seja, quanto mais furos, menos suculento vai estar seu filé de frango.

3. Virar a carne mais de uma vez

É o mesmo cuidado que se deve ter com a carne vermelha, mas ninguém leva isso muito a sério com o frango. Cada vez que você vira o filé na panela ou frigideira, interrompe o processo de caramelização (ou selagem) e corta o fluxo dos sucos da carne. Quanto mais se vira, menos suculento fica seu filé.