CIÊNCIA

5 startups que podem mudar seu jeito de comer

Kristina Haddad
Author
Kristina Haddad

A dieta do ser humano está sempre mudando. De acordo com preços, tecnologias e descobertas da ciência, as pessoas alteram seus hábitos alimentares. Hoje, por exemplo, americanos bebem menos leite e comem mais queijo do que nos anos 1970. O consumo de carne também subiu, segundo pesquisa do Pew Research Center, um think tank. Mas como será que nossos hábitos vão mudar nos próximos anos? Essas startups estão pensando e trabalhando nisso:

1. Memphis Meats: frangos, patos e almôndegas

5 startups que podem mudar seu jeito de comer

A Memphis Meats produz carne de frango, pato e almôndegas a cultivando tecido muscular de células animais dentro de um ambiente estéril. A startup espera reduzir os custos de produção nos próximos anos e começar a oferecer seus produtos ao público em 2012. A Memphis Meats alega que consegue fazer carne branca e vermelha com muito mais eficiência do que fazendas tradicionais e sem matar animais.

2. Apeel Sciences: frutas e vegetais

Essa empresa de Santa Barbara inventou uma maneira de multiplicar em cinco vezes a vida útil de uma fruta ou vegetal. Basta jogar esse spray sobre um morango, por exemplo, para ver que ele vai durar uma semana a mais que o normal. O produto é feito de restos de plantas e caules e funcionam como barreiras que retardam o processo de apodrecimento. Seis fazendas da Califórnia e também no Quênia e na Nigéria já estão usando o spray.

3. AeroFarms: verduras

5 startups que podem mudar seu jeito de comer

A AeroFarms desenvolve verduras em bandejas dentro de um galpão no estado americano de Nova Jersey. É o que chamam de “fazenda vertical”. Em vez de solo e sol, as plantações crescem com luzes de LED e água rica em nutrientes. A grande promessa é oferecer verduras frescas e produzidas perto de cidades grandes.

4. Beyond Meat: hambúrguer sem carne

5 startups que podem mudar seu jeito de comer

Uma empresa que produz hambúrgueres sem carne (sim, carnívoros vão ler isso e dizer que é heresia, mas enfim…), usando principalmente proteínas retiradas de óleo de coco, ervilha, trigo e batata. Esses hambúrgueres já circulam por restaurantes e mercados nos EUA. Bill Gates investiu US$ 17 milhões na Beyond Meat.

5. Hampton Creek: maionese sem ovo

5 startups que podem mudar seu jeito de comer

A Hampton Creek também produz vários produtos veganos como mixes, molhos, biscoitos, massa e massa pronta para biscoito. A empresa também está trabalhando no desenvolvimento de carne produzida em laboratório. Hoje, contudo, a empresa é conhecida por sua maionese sem ovo.