CIÊNCIA

7 mistérios incríveis da Sibéria

Kristina Haddad
Author
Kristina Haddad

Ela é gigante, fria e liga dois oceanos. A Sibéria também é muito pouco povoada, com cerca de três habitantes por quilômetro quadrado. E, além disso tudo, é um paraíso de arqueólogos. Não são poucos os mistérios espalhados pelo que muita gente considera um dos berços da civilização.

1. O câncer mais antigo

7 mistérios incríveis da Sibéria

Em 2014, um homem da idade do bronze foi encontrado, e a causa de sua morte foi apontada como câncer na próstata. É o caso mais antigo de câncer registrado na história.

2. Ídolo de Shigir

7 mistérios incríveis da Sibéria

É a mais velha escultura de madeira do planeta e foi encontrada no fim do século XIX. Tem 2,8m de altura e tem sua idade estimada em 11 mil anos de idade. Há quem diga que as pequenas faces no ídolo possuem informação criptografada, mas também há quem acredite que o ídolo representa um protótipo de totem de índios americanos.

3. O ídolo realinhado

7 mistérios incríveis da Sibéria

O ídolo de pedra Ust-Taseyevsky, com idade estimada em 2.400 anos, aparentemente teve seus traços alterados em algum momento. Especialistas afirmam que alguém realizou uma “cirurgia plástica” na pedra para que o ídolo parecesse menos caucasiano e mais asiático.

4. A mais velha agulha de costura

7 mistérios incríveis da Sibéria

A peça de sete centímetros foi encontrada nas Montanhas Altai e tem 50 mil anos. Acredita-se que ela era utilizada por espécies anteriores ao homo sapiens. Outras agulhas haviam sido encontradas na mesma caverna, mas essa é a mais velha e mais comprida.

5. Uma cirurgia no cérebro 3 mil anos atrás

7 mistérios incríveis da Sibéria

Em 2015, arqueólogos desenterraram um cérebro que mostra evidências de ter passado por uma cirurgia três mil anos atrás. O paciente morreu com idade entre 30 e 40 anos, e o crânio teve pedaços retirados. O osso parietal mostra sinais de regeneração, o que indica que o homem viveu por algum tempo após a cirurgia. Especialistas acreditam que sua morte foi causada por inflamação pós-cirúrgica.

6. Amazona ou guerreiro desconhecido

Em 1990, arqueólogos descobriram o corpo de uma adolescente enterrada junto com escudos, machados de guerra, arcos e flechas. Muitos acreditaram que se tratava de uma amazona, mas análises de DNA derrubaram a tese. “Ela” era, na verdade, um homem. Até hoje, ninguém sabe ao certo a que tribo ou povo ele pertenceu.

7. Armadura de ossos

7 mistérios incríveis da Sibéria

Essa armadura feita de ossos foi encontrada recentemente. Supostamente, ela data de 3.900 anos atrás e foi feita de um animal desconhecido. Pesquisadores acreditam que ela é da cultura Samus-Seyminskaya. A armadura, encontrada 1,5 metro abaixo do solo, estava em “perfeitas condições”.