CURIOSIDADES

7 projeções incríveis na floresta que protestam contra o desmatamento no Brasil

Kristina Haddad
Author
Kristina Haddad

O fotógrafo e artista de rua Philippe Echaroux abraçou a causa contra o desmatamento e veio até o Brasil para desenvolver um trabalho que denunciasse a derrubada ilegal de árvores no país.

Echarroux se aproximou da tribo Paiter-Suruí e criou projeções gigantes de retratos indígenas na mata local. O resultado foi assombroso.

 7 projeções incríveis na floresta que protestam contra o desmatamento no Brasil

Almir Narayamoga Suruí, retratado na ilustração acima, é o chefe da tribo que tem cerca de 1.300 integrantes. Ele recebeu do governo a tarefa de replantar e proteger parte da floresta amazônica no Brasil.

 7 projeções incríveis na floresta que protestam contra o desmatamento no Brasil

Segundo Almir, a cada dia cerca de 300 caminhões deixam o território da tribo levando madeira - o equivalente a 600 hectares de floresta desmatada.

 7 projeções incríveis na floresta que protestam contra o desmatamento no Brasil

A tribo Paiter-Suruí também enfrenta problemas nas águas de seu território. Os índios já encontraram mercúrio e cianeto em seus rios - consequência da ação de mineradores na região.

 7 projeções incríveis na floresta que protestam contra o desmatamento no Brasil

 Segundo dados do Google e da Universidade de Maryland, o planeta perdeu 230 milhões de hectares de árvores entre os anos 2000 e 2012 devido a desmatamento, incêndios, pragas e tempestades.

 7 projeções incríveis na floresta que protestam contra o desmatamento no Brasil

Ativistas afirmam que os 230 milhões de hectares equivalem a 50 campos de futebol de árvores derrubadas a cada minuto de cada dia durante 12 anos.

 7 projeções incríveis na floresta que protestam contra o desmatamento no Brasil

No Brasil, o Ibama tenta conter o desmatamento e preservar a floresta amazônica, mas o órgão possui recursos limitados para cobrir uma área tão extensa.

 7 projeções incríveis na floresta que protestam contra o desmatamento no Brasil