PALADAR

Cheirar a comida já pode fazer você engordar, e é a ciência que diz isso

Autor

Um novo estudo traz resultados preocupantes até para pessoas que não comem tanto assim. O simples ato de cheirar a comida entes de ingeri-lavem sendo ligado ao ganho de peso. Sim, não basta você comer pouco. Agora, aparentemente, não se pode mais nem cheirar antes de uma refeição.

Cheirar a comida já pode fazer você engordar, e é a ciência que diz isso

O estudo foi feito em Berkeley, na Universidade da Califórnia, e os pesquisadores usaram terapia de genes para eliminar o olfato de ratos metade de um grupo de obesos. Eles descobriram que ratos que não sentiam cheiro perderam peso. Os outros, não. E não é só isso: todos os ratos ingeriram a mesma quantidade de comida rica em calorias do que os ratos com olfato. A grande diferença - grande mesmo! - é que os ratos que sentiam cheiro dobraram de peso!

A conclusão do time de pesquisadores é que cheirar a refeição antes de comê-la pode fazer o corpo armazenar mais gordura em vez de queimá-la. Célina Riera, do Centro Médico Cedars-Sinai, em Los Angeles, ressalta que é um dos primeiros estudos que mostram que a manipulação do olfato altera como o cérebro regula o equilíbrio de energia.

Andrew Dillin, professor e biologia celular, e Howard Hughes, pesquisador do Instituto Médico da Universidade, acreditam agora que o ganho de peso não é consequência apenas do número de calorias ingeridas, mas que tem relação com a maneira com que nosso corpo entende essas calorias. Segundo eles, se esse estudo for validado também em humanos, talvez seja possível criar um remédio que não afete o olfato, mas que tenha efeito sobre o metabolismo.