CIÊNCIA

Esse ingrediente saudável está acabando com sua digestão

Kristina Haddad
Author
Kristina Haddad

Parece que cada dia surge uma informação diferente sobre o que a gente deve ou não comer. Hoje laranja faz bem para a saúde, mas amanhã alguém pode descobrir que nossa fonte preferida de vitamina C é também fonte de alguma substância nada boa. Antes, todo mundo era obcecado em diminuir a quantidade de gordura que ingeria. Hoje em dia, o açúcar virou o vilão número 1 da galera.

Esse ingrediente saudável está acabando com sua digestão

E agora um cardiologista e cirurgião, especialista em doenças autoimunes, alerta que as comidas com mais nutrientes são justamente as que causam mais problemas de digestão. E tem mais. Esse especialista, chamado Steven Gundry, escreveu um artigo para a Mind Body Green dizendo que que existe uma proteína que faz especialmente mal: a lectina.

A lectina, por definição, não é uma proteína ruim. Ela é encontrada em alimentos como farinha de trigo, caju, legumes, milho, arroz integral, tomates, sementes de girassol e muitas outras opções saudáveis.

O problema é que ela afeta a digestão. Segundo Gundry, quando você ingere lectina, ela força carboidratos (como açúcares e fibras) a se juntarem e até a se grudarem com outras células do corpo. A lectina também impede que células importantes se comuniquem com outras, e quando isso acontece, o corpo apresenta algum tipo de inflamação ou reação como náusea, diarreia ou vômitos.

O especialista recomenda reduzir a ingestão de lectina com algumas trocas na alimentação diária. Ele sugere pão de forma em vez de pão integral, tomates descascados e sem sementes, feijões em lata ou processados em vez de feijões naturais e nozes em vez vem de cajus.