TECNOLOGIA

NASA inventa bandagem eletrônica que cura mais rápido

Kristina Haddad
Автор
Kristina Haddad
NASA inventa bandagem eletrônica que cura mais rápido

“Tecnologia da NASA”. Você já leu isso por aí um zilhão de vezes, mas é capaz de não lembrar de nenhum produto específico que use isso. A não ser aquele travesseiro esquisito que tem em qualquer esquina. Mas a verdade é que as pesquisas da NASA desenvolvem uma série de inovações que servem para várias áreas do nosso dia a dia. Como essa última, uma espécie de “gaze elétrica” que acelera a recuperação de feridas e lesões.

Na prática, é um material super fino que gera uma pequena dose de eletricidade em contato com outra superfície - como a nossa pela. O material é chamado de PVFD, ou, em tecniquês, fluoreto de polivinilideno. Essas fibras de PVDF funcionam assim: quando alinhadas da maneira certa, as células usam essa eletricidade para se regenerarem. E sabe qual a melhor maneira de alinhar essas fibras direitinho? Na gaze!

Se você já sofreu uma distensão, contratura ou torção, deve saber como funciona. O processo é parecido com aquele em que a gente leva microchoques nas fisioterapias da vida. Resta saber, agora, se a “gaze elétrica” será o novo travesseiro da NASA ou se cairá no esquecimento como tantas outras coisas (úteis!) com tecnologia da agência espacial americana.