OUTROS

Os 10 palácios mais bonitos do mundo

Kristina Haddad
Author
Kristina Haddad

Que nunca sonhou viver num palácio de conto de fadas? Acordar num quarto gigante, com aquele vistão para o condado, fazer um banquete naquela mesa enorme que atravessa a sala de jantar, desfilar pelo salão e dançar com a realeza numa festa badalada… É, essa vida foi para poucos. O que resta hoje para os mortais é fazer turismo, visitar alguns desses lugares históricos e imaginar como tudo aconteceu centenas de anos atrás. Mas o que não falta é palácio bonito por aí nesse mundão, viu?

1. Palácio Nacional da Pena (Portugal) 

Os 10 palácios mais bonitos do mundo

Erguido em 1842 a pedido do Rei Fernando II, é o castelo mais antigo da Europe construído no estilo do Romantismo. O palácio foi erguido nas ruídas de um mosteiro afetado pelo grande terremoto de 1775. Hoje, com o vermelho e o amarelo (suas cores originais) restaurados, o Palácio da Pena é um dos monumentos mais visitados de Portugal.

2. Palácio Mysore (Índia) 

Os 10 palácios mais bonitos do mundo

Encomendado em 1897, após a destruição do antigo palácio em um incêndio, ficou pronto em 1912. Hoje, é uma das atrações turísticas mais visitadas da Índia (perde para Taj Mahal, claro), com seis milhões de turistas por ano. Vale ver o Palácio Mysore durante o festival Dushera, quando ele é iluminado por mais de dez mil (!!!) lâmpadas. É imperdível.

3. Palácio Real de Madri (Espanha) 

Os 10 palácios mais bonitos do mundo

Tem 135 mil metros quadrados e 3.418 cômodos. É o maior palácio real da Europa e foi construído no século XVIII a pedido de Filipe V. Hoje, é a residência oficial do Rei de Espanha, embora seja utilizado pela família real apenas para ocasiões especiais como recepções e banquetes.

4. Palácio de Potala (Tibete) 

Os 10 palácios mais bonitos do mundo

Foi a residência do Dalai Lama até que o 14º Dalai Lama fugiu para a Índia em 1959, durante uma revolta do Tibete que não teve sucesso. Fo construído pelo quinto Dalai Lama e hoje é um museu.

5. Palácio de Inverno (Rússia) 

Os 10 palácios mais bonitos do mundo

Foi construído entre 1754 e 1762 para a imperatriz Elizabeth, filha de Pedro, o Grande. Feito no estilo barroco, tem três andares, 1.786 portas, 1.945 janelas e 1.057 cômodos. A maioria está aberta ao público. Anualmente, cerca de 3,5 milhões de pessoas visitam o Palácio de Inverno em São Petersburgo.

6. Palácio de Schonbrunn (Áustria) 

Os 10 palácios mais bonitos do mundo

Outro palácio barroco, tem 1.441 cômodos e é um dos monumentos mais importantes da Áustria - tanto pela arquitetura quanto pela cultura e pelo valor histórico. Por isso, é uma das principais atrações turísticas do país desde a década de 1950.

7. Palácio de Rundale (Letônia) 

Os 10 palácios mais bonitos do mundo

Erguido a pedido dos Duques de Courland no século XVIII, é atração turística mais popular da Letônia. A última restauração, realizada de 1972 até 2014, custou cerca de 8,5 milhões de euros. Hoje, o Palácio de Rundale é um museu, mas também é utilizado para acomodar hóspedes ilustres como chefes de estado e de governo.

8. Palácio de Versalhes (França) 

Os 10 palácios mais bonitos do mundo

Feito a pedido de Luís XIII em 1624 para ser uma casa de caça de tijolos e pedra, o Palácio de Versalhes foi ampliado por Luís XIV e usado para governar a França a partir de 1862. Foi residência oficial da realeza francesa até outubro de 1789, quando a família real teve de voltar a Paris por causa da Revolução Francesa.

9. Castelo de Neuschwanstein (Alemanha) 

Os 10 palácios mais bonitos do mundo

Construído por Luís II da Baviera como homenagem ao compositor (e seu amigo) Richard Wagner. Luís pagou pelo castelo com seu próprio dinheiro, sem gastar um tostão da Baviera. Hoje, o palácio é mais famoso por servir de inspiração para o Castelo da Cinderela dos estúdios Disney.

10. Palácio de Jaipur (Índia) 

Os 10 palácios mais bonitos do mundo

O Palácio de Jaipur, que inclui os palácios Chandra Mahal e Mubarak Mahal, além de outros edifícios, foi casa do Marajá de Jaipur, líder do clã Kachwaha Rajput.