BEM-ESTAR

Pesquisa aponta: ter um cachorro faz bem à saúde

Autor

O cachorro é o melhor amigo do homem, já diz o ditado popular. Mas será que, na vida real, ter um cãozinho em casa faz bem ao dono? Um estudo sueco se propôs a descobrir isso e descobriu que possuir um pet canino faz bem até para a saúde do coração…

Pesquisa aponta: ter um cachorro faz bem à saúde

O estudo acompanhou 3,4 milhões de pessoas entre 40 e 80 anos durante 12 anos e apontou que ter um cachorro estava associado a uma redução de 23% no número de mortes por doenças cardíacas e 20% a menos de risco de morte por motivos gerais.

Mas por que isso? Segundo os números, donos de cachorros respondem melhor a estresse (sua pressão e seus batimentos cardíacos não sobem), têm níveis mais altos de atividades físicas e níveis de colesterol mais baixos.

Até a American Heart Association, após revisar vários estudos do gênero, emitiu um comunicado em 2013 informando que ter um cãozinho “estava provavelmente” associado com a redução no risco de problemas cardíacos. A associação relutou até soltar essa declaração porque a maioria dos estudos é observacional - em que os pesquisadores veem a relação, mas não podem comprovar cientificamente a causa.

A pesquisa sueca, liderada por uma epidemiologista chamada Tove Fall, considerou diferenças nos níveis de educação entre as pessoas, suas doenças pré-existentes e os diversos estilos de vida. Fall afirma que o maior impacto dos cachorros é visto com pessoas que moram sozinhas: “Cachorros te encorajam a andar, dão apoio social e tornam a vida mais significativa. Se você tem um cão, você interage mais com outras pessoas. Se você ficar doente e precisar ficar internado, um cachorro é um motivo enorme para você se motivar a voltar para casa.”