CIÊNCIA

Pessoas nuas são mais felizes, e uma pesquisa explica por quê

Autor

Um cientista britânico decidiu colocar a teoria à prova e chegou à conclusão de que é verdade: pessoas que passam mais tempo nuas são mais felizes.

Pessoas nuas são mais felizes, e uma pesquisa explica por quê

O autor do estudo é o Dr. Keon West, psicólogo da Universidade Goldsmith, de Londres. Em um primeiro momento, a pesquisa entrevistou via online 850 pessoas britânicas, de várias idades, religiões e opções sexuais. Depois, conduziu mais entrevistas no evento de nudismo “Bare all for Polar Bears”.

Em um terceiro momento, também realizou entrevistas em um evento chamado British Naturism Waterworld, em Stoke on Trent. No segundo e no terceiro eventos, as pessoas foram entrevistas uma vez antes de tirarem a roupa e em uma segunda oportunidade, já sem roupa. 

Após a compilação das respostas, os cientistas acreditam que ficar nu e exposto a outras pessoas faz bem para a imagem do corpo e para a auto-estima. Normalizar a nudez também serve como resposta aos efeitos negativos da “imagem idealizada”, imposta por veículos como revistas de moda e fitness, que sempre mostram corpos “perfeitos” nas capas e comerciais.

O Dr. West publicou seu estudo, chamado “Naked and Unshamed” (algo como “nu e sem pudor”, em inglês) no Journal of Happiness Studies. Ele acredita ainda que os benefícios da nudez devem ser mais explorados no caminho para resolver o problema da insatisfação de muitos cidadãos com seus próprios corpos.