TV

Seth Meyers destruiu Kevin Spacey no monólogo de abertura do Globo de Ouro

Autor

A noite da entrega de prêmios do Globo de Ouro foi dura para assediadores de Hollywood (e que bom que foi assim, não?). Prêmio após prêmio, discurso após discurso, várias pessoas se manifestaram sobre o começo de uma nova era na indústria do cinema e da TV. Um tempo em que a mulher será mais respeitada e, tomara, com equiparação de salário.

Seth Meyers destruiu Kevin Spacey no monólogo de abertura do Globo de Ouro

E foi assim já no primeiro momento da festa, com o comediante Seth Meyers destruindo gente como, por exemplo, Kevin Spacey. Após começar o monólogo com a frase “boa noite, senhoras e senhores-que-sobraram”, Meyers segue dizendo que “é 2018, a maconha está finalmente permitida, e assédio sexual finalmente não está.” Ele também declarou que “pela primeira vez em três meses não será assustador ouvir seu nome lido em voz alta.”

Na parte específica sobre Spacey, Meyers diz “ouvi dizer que vão fazer uma nova temporada de House of Cards. Será que Christopher Plummer está disponível para isso também?” A piada foi uma referência ao ator que substituiu Spacey com sucesso no filme “Todo o Dinheiro do Mundo”. “Espero que ele saiba fazer sotaque sulista”, continuou Meyers, “porque Kevin Spacey certamente não conseguia.” Veja no vídeo abaixo a partir de 3’35”.

Ao ouvir a reação da plateia, o comediante perguntou: “ah, isso foi muito maldoso? Para o Kevin Spacey?” Mais gargalhadas seguiram. Só que Meyers ainda não tinha terminado com suas referências ao ator. Mais tarde no monólogo, Meyers sugeriu brincadeira em que os atores convidados terminavam as piadas iniciadas pelo apresentador. Numa delas, Meyers disse que “Me Chame Pelo Seu nome é um filme gay sobre o amadurecimento de garotos de pouca idade”, e Billy Eichner completou a frase com “e Kevin Spacey disse: ‘me perdi quando você falou idade’”.

De novo, após mais risadas, Meyers disse: “e vocês acharam que eu fui maldoso quando disse que ele não sabia fazer sotaque de sulista.” Assista acima a partir da marca de 8’00”.