BEM-ESTAR

Ter filho depois dos 30 pode fazer a mulher viver mais

Author

Se você é mulher chegou aos 30 e ainda não tem um filho, não esquente a cabeça com a pressão da família ou com o velho mito de que você está velha demais para isso. A verdade é que isso pode ser bom para sua saúde. Uma pesquisa recente encontrou relações entre a gravidez durante os 30 e a longevidade.

Ter filho depois dos 30 pode fazer a mulher viver mais

O estudo foi realizado pela Universidade de Coimbra, em Portugal, e comparou a expectativa de vida de mães em países europeus. O resultado apontou que mulheres que se tornaram mães mais tarde viveram mais do que as que tiveram filhos na adolescência e na casa dos 20.

Os resultados foram publicados no Journal of Public Health e vão de encontro à descoberta de outro estudo, publicado no jornal científico Menopause. Segundo esta pesquisa, mulheres que davam à luz com 33 anos tinham chance três vezes maior de possuir marcadores genéticos de longevidade em comparação com mulheres que tiveram filhos antes dos 33.

Nenhum estudo, porém, apontou exatamente por que mães mais velhas vivem mais. Uma teoria corrente é que mulheres que têm o primeiro filho mais tarde geralmente têm melhores condições financeiras e, consequentemente, estilos de vida mais saudáveis. Não há, contudo, algo que defina isso como principal elemento dessa longevidade maior.