monifer15's story
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
monifer15's story
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
monifer15's story
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Amor á primeira vista

Muitas pessoas não acreditam em amor a primeira vista, porque hoje em dia, o amor está desacreditado por muitas pessoas.
Mas algo me diz, de que quando tem esse amor por uma pessoa que nunca tenha visto na vida, e quando se encontra é algo mágico, que o próprio ser humano não consegue explicar a força dimensional que faz você para e olhar a pessoa em cada detalhe, em jeito de falar, olhar, como se veste, como se comporta, é uma força maior que você não intente naquele momento, fica confusa e sem reação.Amor a primeira vista é algo único, que acontece na vida das pessoas.
Vou contar a história da Perséfone, uma jovem cheia de sonhos e fantasias, que sempre sonhou em casar, ter filhos, e viver o feliz pra sempre, mas na vida É como um livro, tem começo, meio e fim.
"Sou a Perséfone, pratico esporte desde pequena, e sempre sonhei em casar e ter filhos, mas algo mudou a minha vida. E com 17 anos estava no começo da carreira de basquete, já tinha ganhado como a melhor jogadora do ano, mas não tinha chegado numa seleção brasileira, enfim, o meu time era uns dos melhores da federação paulista, e uma das minhas companheiras já tinha jogado por um time adversário,então ela tinha muitas amigas do time antigo, e um dia me chamou para ver um jogo da sua antiga amiga de time, e quando chegamos na quadra, ela foi cumprimentar a Gisele, a sua amiga antiga, e me apresentou para a Gisele.
"Gisele essa é a Perséfone, joga comigo." Assim que a Gisele me olhou, me apaixonei loucamente, não sabia que estava sentindo, era muitas misturas de sentimentos, que nunca senti em toda a minha vida. Eu lembro exatamente como ela se vestia, era o uniforme do time, era branco com azul, estava de top rosa, porque dava para ver o top, porque era regata e mostrava um pouco do top, ela estava de coque no cabelo, e usava aparelho rosa. A Gisele sorriu e me cumprimentou, nunca vou esquecer esse dia.
No momento não me aceitava, achava errado, eu senti atração por uma mulher, e como seria? Como contar para os meus pais, como seria o meu futuro? Muitas perguntas sem respostas, mas eu segui com o meu coração fechado, com um segredo guardado, sofrendo em silêncio, e cada dia admirando a Gisele de longe.
As meninas do meu time, começou a suspeitar da minha admiração por ela, porque no mundo do esporte ter um amor homossexual era normal, e sabia que a minha admiração não era de fã e sim era por desejo. Fiquei com esse amor durante uns 2 anos, até namorei outras pessoas durante esse tempo, e resolvi experimentar, porque na minha cabeça se passava, se eu beijar uma mulher antes que a Gisele, posso ser mais experientes quando chegar a ficar com a Gisele, é um pensamento idiota, é, eu sei, mas na hora, não me parecia idiota. Mas Fiquei com uma amiga minha, chama cassia, beijei, e gostei da sensação, foi uma coisa diferente, mas não fiquei apaixonada por ela. E com o passar do tempo, uma nova coisa em minha vida aconteceu, fui convocada para a seleção brasileira de base, fiquei feliz no momento, a categoria era uma acima do que a minha, mas já conhecia todo mundo. E o mais legal, era que a Gisele tava também, era da categoria da Gisele, e sim, a Gisele é 1 ano mais velha que eu, e a cassia foi também convocada, e na seleção, a cassia iria me ajudar com a Gisele, mas só tinha um problema, a Gisele namorava e eu também, mas eu terminei com o meu namorado antes de ir para a seleção, porque lá teria a oportunidades para ficar com a Gisele.
Os dias na seleção foi incríveis, era um sonho meu realizado, e esse ano, tinha me esforçado muito para entrar na seleção. Um dia no meu quarto do hotel em três pontas (era o alojamento para a concentração para a copa América) eu e as meninas estavam brincando de verdade e desafio, nessa época, essa brincadeira era famosa, todos brincavam para ficar com a pessoa que você gosta, e fizemos a brincadeira por minha causa, para finalmente eu beijar a Gisele, entre os acontecimentos, finalmente a beijei, foi incrível, fiquei boba, era um beijo leve, com muita ternura e uma pintada de safadeza, eu me senti a pessoa mais feliz do mundo. Mas a noite não poderia ter acabado bem, umas das meninas, era a mais fofoqueira do basquete, o nome da vaca, é Anne. Ela contou para todo mundo, e o basquete ficou sabendo que gostava de mulher, foi um escândalo, chegou até na Espanha no ouvido da namorada da Gisele, e me senti fatal, a Gisele me culpava pelo o rompimento dela com a sua namorada, achava que eu era a fofoqueira, sofri demais com tudo isso, e nem podia contar para a minha mãe, porque não sabia que eu gostava de mulher. Amigas próximas me ajudou á superar, a Gisele não quis nada comigo, e eu fiquei arrasada com tudo. Mas no final a Anne falou para a Gisele que foi ela que espalhou a fofoca, e que eu não tinha nada ver com tudo aquilo, a Gisele pediu desculpas, mas mesmo assim não quis nada comigo. Fiquei apaixonada por ela durante uns 2 anos, foi difícil esquecer mas eu superei e estou feliz por compartilhar a minha historia. Hoje eu e a Gisele conversamos normal, e fico feliz por ela está feliz, e eu, feliz por mim de não sentir mais nada por ela. Obrigado Gisele, você foi a mulher da minha vida!!"

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Amor á primeira vista

O meu primeiro amor!

O meu primeiro amor!
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Todos tem uma historia para contar, sobre amores, paixões, aventuras, mas hoje vou contar a historia do meu primeiro amor.

Eu sou jogadora de basquete, e sempre me dediquei ao esporte. Comecei a jogar aos 11 anos de idade, e como eu amava jogar, não importava o dia, eu sempre queria jogar, não podia ver alguém jogando que eu queria participar.
O basquete foi a grande paixão da minha vida e , é até hoje. No esporte conheci muitas pessoas de diferentes lugares, com grandes historias para se contar e aprender com elas. Eu tinha uma amiga de minas gerais, da terra do et, sabe, a cidade de Varginha, com os meus 16 anos viajei para casa dela, para conhecer a sua familia e a cidade. Quando cheguei na casa, foi acolhedor e eu adorei, conheci todos e fiz amizades com todos.
Passei as minhas férias lá, era final de ano, e antes do dia 31, eu conheci ele (Ricardo), um menino, da mesma idade que eu. No momento não me interessei por ele, mas sou uma boa observadora, e vi que era uma pessoal de coração bom e uma ingenuidade pura. Normalmente com 16 anos, somos ingênuas,imaturos, não tem noção da vida lá fora, mas enfim, eu pedi para a minha amiga que queria ficar com ele. "Antigamente quem arrumava os encontros era os amigos, hoje em dia não, hoje em dia as pessoas tomam atitudes, porque já leva no pensamento que um (NÃO) já tem". Então a minha amiga falou para ele que eu, queria ficar com ele, e ele simplesmente disse sim. E no dia que ficamos, tava uma noite gostosa, não estava nem frio e nem calor, estava perfeita, e nos encontramos no ponto de ônibus, porque era na rua de baixo da casa da minha amiga. E no momento que nos vimos frente a frente, saiu um oi tímido da minha parte, e ele dizia um oi ( tipo, que vergonha,o que vou fazer agora) então ele me beijou, me envolveu nos seus braços, e tinha gosto de cebola o beijo, mas tava bom o beijo, mesmo com o gosto. Eu me senti leve, parecia que esta em cima de nuvens bem fofinhas, que me levou a sonhar.
Vivemos um amor puro, que eu pensava que só duraria um simples verão, mas foi mais que isso, quando voltei para São Paulo, sentia muita falta dele, nada fazia sentido, até pensei em deixar o basquete, por causa dele, sim gente, deu a louca em mim. Conversamos por celular, não muito, porque na época não ganhava bem para ficar colocando credito no celular, mas conversa muito com ele, fazia depoimentos no Orkut, e ele também fazia o mesmo. Quando voltei para minas , para passar o ano novo ,de novo lá, ficamos é claro, como namorados, mas como toda historia, sempre surgi uns problemas, e para eu foi fatal. Eu era muito manipulada pelas as pessoas quando era mais nova, e um amigo da minha amiga queria ficar comigo, eu não tinha um relacionamento, mas era como tivesse, a prima da minha amiga, ficava falando, fica com caio,(amigo da minha amiga) o Ricardo ( o menino que eu amava) não vai ficar sabendo, e colocava um monte de minhocas na minha cabeça, que assim, como todo mundo faz burrada na vida, essa foi a minha, escutar alguém que não queria o seu bem. E eu fiquei. Com o caio, e achava que ninguém ia saber do acontecido, mas cidade pequena é uma coisa de matar, todos ficaram sabendo, menos o Ricardo. Então para não saber da boca das pessoas, eu fui e contei para ele o que aconteceu, eu simplesmente coloquei a culpa em mim, porque era o mais correto. O Ricardo chorou na minha frente, eu não consegui conter as lágrimas, e chorei muito, e disse que não esperava que me perdoa-se , apenas eu intendo, e como o Ricardo era a pessoa com um coração tão nobre e bom, ele me perdoou. Não ficamos mais, pela as circunstâncias, mas se tornamos amigos, perder ele me doeu muito, é uma dor que não se mede, e realmente só damos valor quando se perde. Hoje o Ricardo está casado com a prima da minha amiga, aquela que me aconselhou a trair ele, sim, o mundo da voltas, e hoje eu e o Ricardo somos amigos de longa data, compartilhamos tudo pelo face, whatsaap, ele sabe que foi o meu primeiro amor, e eu fui a dele, e assim temos uma historia que vai ficar na lembrança. Eu sei que não era pra ser, porque Ricardo foi uma lição de vida, porque se eu não tivesse ficado com o caio, a minha vida seria diferente, não teria vivido as experiências que passei e adorei vivenciar, e seria outra pessoa, essa historia me mudou e ajudou eu a crescer.
Só sei que o Ricardo foi o meu primeiro amor e sou grata por ele participar da minha vida.

Você leu a pasta de história
escrita por
Writer avatar
Monifer15
Só quero escrever as meus pensamentos, a minha cabeça não para!!! Jogadora de basquete Twitter: @moniquete15 Snap:moni15fer