OUTROS

O meu primeiro amor!

Mônica Nascimento
Author
Mônica Nascimento
O meu primeiro amor!

Todos tem uma historia para contar, sobre amores, paixões, aventuras, mas hoje vou contar a historia do meu primeiro amor.

Eu sou jogadora de basquete, e sempre me dediquei ao esporte. Comecei a jogar aos 11 anos de idade, e como eu amava jogar, não importava o dia, eu sempre queria jogar, não podia ver alguém jogando que eu queria participar.
O basquete foi a grande paixão da minha vida e , é até hoje. No esporte conheci muitas pessoas de diferentes lugares, com grandes historias para se contar e aprender com elas. Eu tinha uma amiga de minas gerais, da terra do et, sabe, a cidade de Varginha, com os meus 16 anos viajei para casa dela, para conhecer a sua familia e a cidade. Quando cheguei na casa, foi acolhedor e eu adorei, conheci todos e fiz amizades com todos.
Passei as minhas férias lá, era final de ano, e antes do dia 31, eu conheci ele (Ricardo), um menino, da mesma idade que eu. No momento não me interessei por ele, mas sou uma boa observadora, e vi que era uma pessoal de coração bom e uma ingenuidade pura. Normalmente com 16 anos, somos ingênuas,imaturos, não tem noção da vida lá fora, mas enfim, eu pedi para a minha amiga que queria ficar com ele. "Antigamente quem arrumava os encontros era os amigos, hoje em dia não, hoje em dia as pessoas tomam atitudes, porque já leva no pensamento que um (NÃO) já tem". Então a minha amiga falou para ele que eu, queria ficar com ele, e ele simplesmente disse sim. E no dia que ficamos, tava uma noite gostosa, não estava nem frio e nem calor, estava perfeita, e nos encontramos no ponto de ônibus, porque era na rua de baixo da casa da minha amiga. E no momento que nos vimos frente a frente, saiu um oi tímido da minha parte, e ele dizia um oi ( tipo, que vergonha,o que vou fazer agora) então ele me beijou, me envolveu nos seus braços, e tinha gosto de cebola o beijo, mas tava bom o beijo, mesmo com o gosto. Eu me senti leve, parecia que esta em cima de nuvens bem fofinhas, que me levou a sonhar.
Vivemos um amor puro, que eu pensava que só duraria um simples verão, mas foi mais que isso, quando voltei para São Paulo, sentia muita falta dele, nada fazia sentido, até pensei em deixar o basquete, por causa dele, sim gente, deu a louca em mim. Conversamos por celular, não muito, porque na época não ganhava bem para ficar colocando credito no celular, mas conversa muito com ele, fazia depoimentos no Orkut, e ele também fazia o mesmo. Quando voltei para minas , para passar o ano novo ,de novo lá, ficamos é claro, como namorados, mas como toda historia, sempre surgi uns problemas, e para eu foi fatal. Eu era muito manipulada pelas as pessoas quando era mais nova, e um amigo da minha amiga queria ficar comigo, eu não tinha um relacionamento, mas era como tivesse, a prima da minha amiga, ficava falando, fica com caio,(amigo da minha amiga) o Ricardo ( o menino que eu amava) não vai ficar sabendo, e colocava um monte de minhocas na minha cabeça, que assim, como todo mundo faz burrada na vida, essa foi a minha, escutar alguém que não queria o seu bem. E eu fiquei. Com o caio, e achava que ninguém ia saber do acontecido, mas cidade pequena é uma coisa de matar, todos ficaram sabendo, menos o Ricardo. Então para não saber da boca das pessoas, eu fui e contei para ele o que aconteceu, eu simplesmente coloquei a culpa em mim, porque era o mais correto. O Ricardo chorou na minha frente, eu não consegui conter as lágrimas, e chorei muito, e disse que não esperava que me perdoa-se , apenas eu intendo, e como o Ricardo era a pessoa com um coração tão nobre e bom, ele me perdoou. Não ficamos mais, pela as circunstâncias, mas se tornamos amigos, perder ele me doeu muito, é uma dor que não se mede, e realmente só damos valor quando se perde. Hoje o Ricardo está casado com a prima da minha amiga, aquela que me aconselhou a trair ele, sim, o mundo da voltas, e hoje eu e o Ricardo somos amigos de longa data, compartilhamos tudo pelo face, whatsaap, ele sabe que foi o meu primeiro amor, e eu fui a dele, e assim temos uma historia que vai ficar na lembrança. Eu sei que não era pra ser, porque Ricardo foi uma lição de vida, porque se eu não tivesse ficado com o caio, a minha vida seria diferente, não teria vivido as experiências que passei e adorei vivenciar, e seria outra pessoa, essa historia me mudou e ajudou eu a crescer.
Só sei que o Ricardo foi o meu primeiro amor e sou grata por ele participar da minha vida.