AuQueMia
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
AuQueMia
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
AuQueMia
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Coisa de filme: esse cãozinho percorreu sozinho 385 km de volta para casa

PrincessButtercup
há um ano15 visualizações
Coisa de filme: esse cãozinho percorreu sozinho 385 km de volta para casa
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Ele viajou mais de 385 quilômetros a pé só para reencontrar a família. Quer dizer... a pé não: a patinhas. Sim...  Pero é um border collie de quatro anos que resolveu abandonar a fazenda de ovelhas onde foi deixado pelos donos para trabalhar. E percorreu metade da Inglaterra, numa viagem de volta para casa. De Cockermouth, em Cumbria, esse cãozinho fiel e incrível trilhou 240 milhas em 12 dias até Penrhyncoch, terra natal dele no País de Gales. E apareceu assim: ofegante e mais fino, na varanda dos antigos donos Alan e Shan James, fazendeiros e criadores da raça.

Coisa de filme: esse cãozinho percorreu sozinho 385 km de volta para casa

Podia estar bem cansado, mas inegavelmente estava muito feliz!

Coisa de filme: esse cãozinho percorreu sozinho 385 km de volta para casa

Enquanto a história é idêntica a de cães de ficção, como Lassie, que viajou centenas de milhas das Highlands escocesas de volta para casa em Yorkshire, especialistas em comportamento de animais dizem que não é impossível que um cão na vida real pudesse imitar a arte e fazer uma viagem tão perigosa.

O primeiro dono e criador Alan James disse à BBC que é um mistério como Pero encontrou o caminho de volta para casa. O novo dono entrou em contato com o casal para avisar que o cão havia fugido, mas como o bichinho tem microchip, encontrá-lo não seria uma tarefa difícil. No entanto, nas quase duas semanas que Pero estava a solta, ninguém entrou em contato para devolver o cão perdido. Antes que qualquer medida pudesse ser tomada, lá estava ele de volta à casa, à matilha dele.

Quando o cãozinho viu novamente o dono querido, a alegria foi tanta que pulou incansavelmente por vários minutos em torno dele.

Alguns especialistas explicam que os collies e cães de pastoreio possuem uma espécie de "bússola natural" e senso apuradíssimo de percepção espacial .

Conheço bem a raça porque tenho um em casa. Bruce, The Dog, meu maior companheirinho, filhote eterno e nosso guardião.

#mybabyblue #bordercollie #BruceTheDog #Brazil #dog #caes #cachorros #Petrópolis #colorBlue #BestFriend

A photo posted by Pilar Magnavita (@pilarclm) on

O casal James vai ficar com Pero. Para sempre! <3 <3 <3

----------

Por Pilar Magnavita

#históriasbonitas #cães #cachorros #pets #bordercollies

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
PrincessButtercup
Equipe Storia Brasil