Filhas de Vênus
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Filhas de Vênus
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Filhas de Vênus
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Ter filho depois dos 30 pode fazer a mulher viver mais

PrincessButtercup
há 3 meses25.8k visualizações

Se você é mulher chegou aos 30 e ainda não tem um filho, não esquente a cabeça com a pressão da família ou com o velho mito de que você está velha demais para isso. A verdade é que isso pode ser bom para sua saúde. Uma pesquisa recente encontrou relações entre a gravidez durante os 30 e a longevidade.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸
Ter filho depois dos 30 pode fazer a mulher viver mais

O estudo foi realizado pela Universidade de Coimbra, em Portugal, e comparou a expectativa de vida de mães em países europeus. O resultado apontou que mulheres que se tornaram mães mais tarde viveram mais do que as que tiveram filhos na adolescência e na casa dos 20.

Os resultados foram publicados no Journal of Public Health e vão de encontro à descoberta de outro estudo, publicado no jornal científico Menopause. Segundo esta pesquisa, mulheres que davam à luz com 33 anos tinham chance três vezes maior de possuir marcadores genéticos de longevidade em comparação com mulheres que tiveram filhos antes dos 33.

Nenhum estudo, porém, apontou exatamente por que mães mais velhas vivem mais. Uma teoria corrente é que mulheres que têm o primeiro filho mais tarde geralmente têm melhores condições financeiras e, consequentemente, estilos de vida mais saudáveis. Não há, contudo, algo que defina isso como principal elemento dessa longevidade maior. 

5 imagens que mostram a evolução do padrão de beleza na Rússia

PrincessButtercup
há 7 meses10.9k visualizações

Nem tudo na Rússia é tão diferente assim do resto do planeta. Lá, assim como em vários lugares, os padrões de beleza foram formados de acordo com a situação política e econômica.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

1. Gordinhas

5 imagens que mostram a evolução do padrão de beleza na Rússia

Após a revolução de 1917, a recém-criada União Soviética tinha pouca força, e muitos habitantes do país passavam fome. Por isso, quando a economia se recuperou, o padrão de beleza era de moças mais gordas, com braços e pernas fortes, assim como quadris largos. A mulher soviética precisava de força para trabalhar em fábricas, fazendas e dar à luz. A magreza era sinônimo de enfermidade.

2. Loiras

5 imagens que mostram a evolução do padrão de beleza na Rússia

Nos anos 1930, virou moda tingir o cabelo de loiro. Muitas atrizes do país queriam ser parecidas com a popular atriz Liubov Orlova. O problema é que, na época, não existia tinta para cabelo nas lojas soviéticas, então muitas mulheres apelavam para a água oxigenada.

3. Pós-guerra

5 imagens que mostram a evolução do padrão de beleza na Rússia

Após a Segunda Guerra Mundial, a URSS voltou a enfrentar muitos problemas. O país estava destruído e muita gente passava fome novamente. De novo, o padrão de beleza voltou a ser o da camponesa. Mulheres fortes, musculosas e também gordas tinham força para cuidas de homens feridos.

4. Magreza nos anos 1980

5 imagens que mostram a evolução do padrão de beleza na Rússia

Mulheres mais magras começaram a fazer mais sucesso na URSS nos anos 1960 e 1970, mas ainda não eram o padrão de beleza dominante no país. Isso mudou na década de 1980, quando foi lançada a revista de moda feminina Burda-Moden, que lançou novas tendências. O primeiro concurso de beleza soviético foi realizado em 1988 e, desde então, a corrida para perder peso não teve freio.

5. Altas, magras e de pernas compridas

5 imagens que mostram a evolução do padrão de beleza na Rússia

A tendência dos anos 1980 só fez se acentuar nos últimos 30 anos. Não por acaso, a russa mais famosa do mundo hoje em dia é a tenista Maria Sharapova. Alta, loira, pernas finas e compridas. E vencedora, claro.

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
PrincessButtercup
Equipe Storia Brasil