Russices
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Russices
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Russices
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

As 11 construções mais incomuns de Moscou

PrincessButtercup
há um ano18 visualizações

O Dia Mundial da Arquitetura é comemorado sempre na primeira segunda-feira de outubro, então que tal aproveitar a ocasião para ver algumas das construções mais incomuns (e talvez esquisitas) dessa cidade fascinante que é Moscou?

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

1. Casa elefante 

As 11 construções mais incomuns de Moscou

Essa curiosa casa com formato de elefante fica localizada na vila de Ostrovtsky, nos arredores de Moscou. Ela possui quatro andares, que são ligados por uma escada espiral.

2. Mansão Morozov 

As 11 construções mais incomuns de Moscou

A mansão de Arseniy Morozov, integrante de uma famosa família de comerciantes e empresários, foi construída em 1899 pelo arquiteto Viktor Mazyrin. Diz a lenda que Morozov queria algo inspirado em Portugal, local de uma de suas famosas viagens.

3. Casa Ovo 

As 11 construções mais incomuns de Moscou

Essa casa em formato de ovo foi projetada pelos arquitetos russos Sergei Tkachenko e Oleg Dubrovsky. Ela ficou pronta em 2002.

4. Edifício Anel 

As 11 construções mais incomuns de Moscou

Esse prédio circular, em formato de anel, tem nove andares, 936 apartamentos e 26 entradas diferentes. Ele foi construído pouco antes dos Jogos Olímpicos de Moscou, em 1980.

5. Complexo Parus 

As 11 construções mais incomuns de Moscou

O conjunto de apartamentos Parus fica na região noroeste de Moscou e foi erguido em 2007.

6. Casa Melnikov 

As 11 construções mais incomuns de Moscou
As 11 construções mais incomuns de Moscou

A Casa Melnikov é cilíndrica, tem janelas hexagonais e foi construída no centro de Moscou nos anos 1920.

7. Academia de Ciências 

As 11 construções mais incomuns de Moscou

O edifício da Academia Russa de Ciências foi terminado nos anos 1990 e apelidado de “Cérebro de Ouro” por causa do elemento decorativo de metal e vidro no topo.

8. Arranha-Céus Horizontal 

As 11 construções mais incomuns de Moscou

O prédio que abriga o Centro de Pesquisa Científica para Maquinaria Computadorizada e Eletrônica tem 736 metros de comprimento e é apelidado extraoficialmente de Arranha-Céus Horizontal

9. Casa Centopeia 

As 11 construções mais incomuns de Moscou

A chamada Casa Centopeia foi projetada pelo arquiteto Andrei Meyerson em 1978 para ser um hotel que abrigaria visitantes durante os Jogos Olímpicos de 1980. O prédio tem 20 pares de “pernas” de concreto reforçado.

10. Titanic 

As 11 construções mais incomuns de Moscou

Esse edifício residencial de 14 andares ganhou o apelido de Titanic por seu comprimento. Ele foi projetado pelo arquiteto Vladimir Babad e construído em 1981.

11. Casa de Chá 

As 11 construções mais incomuns de Moscou

Essa casa de chá no centro de Moscou lembra um pagode chinês e foi construída de 1890 a 1893 pelo arquiteto Roman Klein a pedido da companhia de chá Perlov & Sons.

Cadela tem 9 filhotes no metrô de Moscou e agora precisa de lar

Cadela tem 9 filhotes no metrô de Moscou e agora precisa de lar
Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Bom, a gente já sabe que o metrô de Moscou é um dos lugares mais fascinantes do planeta, né? As estações são bonitas, cheias de mistérios e acontece de tudo por lá. Inclusive a população canina é gigante lá embaixo. É bem comum que cãezinhos entrem e saiam dos vagões como qualquer ser humano.

Até aí, tudo bem. O que não acontece todo dia é uma cadela ter nove (eu disse NOVE!) filhotinhos em um dos vagões. Repetindo: NO-VE. 

Aí foi aquela comoção, né? Os humanos tiveram que desembarcar, e o trem foi para a garagem, onde funcionários do metrô acompanharam o nascimento dos bichinhos. A mãe, uma vira-latinha que ganhou o nome de Taganka, foi levada para um abrigo junto com seus nove filhotes.

Os dez cães agora estão precisando de um lar. O metrô de Moscou pediu que os interessados entrassem em contato via Instagram. Alguém aí se habilita? Olha a foto, que fofura!

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
PrincessButtercup
Equipe Storia Brasil