BEM-ESTAR

Tomar café em aviões pode não ser uma boa ideia. Entenda por quê!

PrincessButtercup
Author
PrincessButtercup

Viajar nunca é demais. Conhecer lugares novos, outras pessoas, culturas diferentes… É sempre bom. O processo é que nem sempre é o mais divertido. Até chegar ao destino, tem toda aquela rotina de fazer mala, esperar em aeroportos, sentar espremido durante horas no avião, etc. e tal. Os viajantes mais experientes sabem que perigos evitar. E um desses perigos, que pouca gente reconhece, é o cafezinho de avião!

Tomar café em aviões pode não ser uma boa ideia. Entenda por quê!

Mas para pra pensar: quantas vezes você já viu um comissário de bordo tomando café? Pois é. Dependendo da empresa aérea ou do aeroporto onde o estoque de água do avião foi reabastecido, os funcionários sabem se devem ou não usar beber aquela água - ou, no caso, usá-la para passar café.

O perigo é real. Existe uma boa chance de que aquela água esteja cheia de bactérias. A Agência de Proteção Ambiental dos EUA fez um teste e detectou que um em cada dez aviões tinha água com micróbios. Um em dez. Isso significa 10%, o que não pode parecer muito, mas será que vale a pena correr esse risco?

Nem sempre a culpa é da empresa aérea. Às vezes, o problema está na mangueira usada para encher os tanques de água do avião. Mas, no fim das contas, não faz diferença para você de onde vem a bactéria. O que interessa é que ela pode estar ali. Logo, a escolha mais segura sempre é beber algo que entrou lacrado no avião: água mineral, sucos, refrigerantes, etc.