HUMOR

O menino do Acre voltou e a internet mandou aquele carinho da torcida

Queen Tee
Author
Queen Tee
O menino do Acre voltou e a internet mandou aquele carinho da torcida

Oi sumido! (Foto: Arquivo pessoal)

Quem é vivo sempre aparece, né não? O estudante Bruno Borges, de 25 anos, que ficou conhecido como Menino do Acre depois de protagonizar um episódio bizarro ao desaparecer, em março, voltou para sua casa em Rio Branco, no Acre, na manhã desta sexta-feira (11).

De acordo com o G1, Bruno sumiu há cinco meses e deixou em seu quarto 14 livros escritos a mão e criptografados, nos quais o rapaz desenvolveu o que chama de Teoria de Absorção do Conhecimento. O bagulho é louco, a história meio X e tudo parece apontar agora para a hipótese de que o "desaparecimento", articulado com amigos, foi uma estratégia de marketing para vender os livros de Bruno. Uma falta de noção bastante relevante, se me perguntarem, já que a mãe do cara estava desde 27 de março em Aparecida do Norte, em São Paulo, rezando pela volta do filho, segundo o jornal Extra.

Mas a tática parece ter dado certo, já que o ~primeiro volume dos escritos de Bruno entrou na lista de mais vendidos do Brasil no começo de agosto.

A internet, como sempre, reagiu daquele jeitinho cheio de amor e compreensão.

Teve quem reparou que o timing foi um tanto... curioso

"EU SÓ ACHO ENGRAÇADO QUE..."

Teve quem gritou "golpe!"

Cadê as autoridades?

Questionaram o quão bacana deve ser trocar uma ideia com o Bruno.

Teve quem achou que o menino faz cosplay de personagem da Praça é Nossa.

E até dona feat. proprietária do Brasil, Pablo Vittar, apareceu, meu bem.

Inclusive fica a dica para:

Alguém registra o nome dessa banda/artista, plmdds.

Também teve aquela ode à mãe brasileira:

E teve resumo em um tweet dessa temporada de Brasil: a série 

E essas coisas só acontecem no Acre, porque né.

O Brasil não é para principiantes, meus caros.