CURIOSIDADES

Homem transmite esposa dando à luz no Facebook, achando que só família veria

Sheila Vieira
Author
Sheila Vieira
Homem transmite esposa dando à luz no Facebook, achando que só família veria

Mais um exemplo da máxima “aprenda a usar redes sociais antes de usar redes sociais”.

No dia 16 de maio, um homem chamado Kali Kanongata'a transmitiu o parto de sua esposa ao vivo pelo Facebook por 45 minutos. O vídeo, que já foi visualizado mais de 218 mil vezes na rede, despertou uma discussão (como sempre) sobre como as pessoas estão compartilhando mais do que deveriam em seus perfis.

O cidadão revelou nesta quarta à People que jamais imaginava que o vídeo seria público. Sua intenção era apenas mostrá-lo para seus parentes na Polinésia: “Achei que só apareceria para minha família e meus amigos”.

O problema é que a ferramenta Live do Facebook só pode ser usada por fanpages (ele usou a de uma entidade que ajuda) e é bem chamativa. Quando uma transmissão é iniciada, todos os seguidores recebem uma notificação em seus celulares de que ela está sendo feita. por se tratar de um parto, certamente todos ficaram curiosos, mesmo questionando por que ele estava fazendo aquilo.

Ao perceber que a transmissão tinha milhares de espectadores, o papai decidiu aproveitar os minutos de fama e mantê-la. “Há muita coisa negativa no Facebook, então pensei que seria algo positivo. Pensei que, se eu mantivesse a filmagem sem nada impróprio, é algo para deixar as pessoas felizes”, justificou.

“Sei que algumas pessoas estão bravas porque não é um vídeo privado, mas sou da ilha de Tonga e há muito tempo a gente fazia os partos em público. Não fiquei preocupado em esconder nada por causa da nossa cultura. Fazemos isso há anos”, acrescentou.

Imagina se a moda pega! Vai ter transmissão de festa de aniversário, formatura, casamentos e, Deus nos livre, de conteúdos adultos. O problema de transmitir coisas em tempo real é que… muita coisa dá errado nessa vida.

Veja só a TV. Quantas vezes eles realmente passam ao vivo algo que não está exatamente no controle deles? Raramente. Em situações de risco, algo pode dar muito errado e, pronto, está eternizado. Não há chance de esconder ou poupar as pessoas envolvidas.

Então, por favor, não transmita ao vivo o parto da sua esposa. Já basta a tensão real de empurrar um bebê de um útero para o exterior. Não é necessário deixar a mãe preocupada com milhares de pessoas que ela nem conhece vendo esta situação.

PS relevante: em alguns posts do Facebook dele, ele reclama que o serviço social tirou a custódia de alguns dos filhos dele. Eita...

PS não muito relevante, mas colocarei mesmo assim: o cara é transfóbico. Olha só o que ele compartilhou recentemente.

(Entrando em um banheiro perto de você.)

Errrrrr...

#livefacebook #facebook #aovivo #live #birth #parto