CURIOSIDADES

Lição do dia: pare de achar que é comum ser bem-sucedido antes dos 30 anos

Sheila Vieira
Author
Sheila Vieira

É só abrir qualquer uma de suas redes sociais que você vai encontrar alguém de 20 e poucos/muitos anos reclamando que ainda não chegou a lugar algum. Se tem mais de 30 então, acha que qualquer chance de ser bem-sucedido acabou e a única opção que resta é contar moedas para não atrasar o aluguel para sempre.

Lição do dia: pare de achar que é comum ser bem-sucedido antes dos 30 anos

Vou contar algo para vocês (e para mim mesma): a vida não funciona assim.

Vemos na TV atletas de 18 anos ganhando milhões por ano, artistas de 21 fazendo sucesso em todo o mundo e estudantes de Harvard criando empresas que mudaram a sociedade. O que não percebemos é que estas pessoas são exceções.

Sim, deve ser muito legal ser um atleta de ponta e estar no topo do mundo tão jovem. Mas, ao mesmo tempo, essas pessoas têm que lidar com um tipo de atenção avassaladora muito antes de terem maturidade suficiente para isso. Ainda por cima, encaram a aposentadoria quando ainda há mais da metade da vida pela frente. E começar tudo de novo a partir disso.

Lição do dia: pare de achar que é comum ser bem-sucedido antes dos 30 anos

As pessoas se sentem pressionadas para ter “tudo resolvido” até os 30 anos. O emprego ideal, o smartphone mais novo, o relacionamento que vai durar para sempre e a próxima viagem para a Europa marcada. Mas quem disse que essa é a regra? Quem determina que depois dos 30 tudo acabou e você não pode mudar sua vida?

Duvida? Olhe aqui este texto que está viralizando esta semana, sobre famosos que conquistaram o mundo muito depois do que você imaginava:

Aos 23, Tina Fey estava trabalhando na YMCA.

Aos 23, Oprah foi demitida do seu primeiro trabalho como repórter.

Aos 24, Stephen King era zelador e vivia em um trailer.

Aos 27, Vincent Van Gogh falhou como missionário e decidiu ir para a escola de arte.

Aos 28, J.K. Rowling era uma mãe solteira suicida vivendo de bolsa auxílio.

Aos 28, Wayne Coyne (da banda The Flaming Lips) era fritadeiro em uma lanchonete.

Aos 30, Harrison Ford era carpinteiro.

Aos 37, Ang Lee era um pai caseiro que trabalhava em bicos.

Julia Child lançou seu primeiro livro de receitas aos 39, e teve seu primeiro programa de culinária aos 51.

Vera Wang falhou ao tentar entrar na equipe olímpica de patinação artística, não conseguiu a posição de editora-chefe na Vogue, e desenhou seu primeiro vestido aos 40.

Stan Lee não lançou sua primeira história em quadrinhos até completar 40 anos.

Alan Rickman desistiu da carreira de design gráfico para prosseguir atuando aos 42.

Samuel L. Jackson não conseguiu seu primeiro papel em um filme até completar 46 anos.

Morgan Freeman estreiou seu primeiro grande filme aos 52 anos.

Kathryn Bigelow apenas alcançou sucesso internacional quando ela fez Guerra ao Terror aos 57 anos.

Grandma Moses não começou sua carreira como pintora até completar 76 anos.

Louise Bourgeois não se tornou uma artista famosa até completar 78 anos.

Seja qual for seu sonho, não é tarde para realizá-lo. Você não é um fracasso por não ter conseguido fama e fortuna aos 21. Quer dizer, está tudo bem mesmo que você nem saiba qual é seu sonho ainda.

Nunca diga a si mesmo que você é velho demais para isto.

Nunca diga a si mesmo que você perdeu a chance.

Nunca diga a si mesmo que você não é bom o suficiente.

Você consegue. Seja lá o que for.

Emoticon heart

(post original por Drew Forrester)

(tradução por Bia Pastorello aka euzinha)

Eis o link no Facebook:

(A pottermaníaca em mim precisa dizer que Rowling tinha depressão na época, não era ‘suicida’. Mas o resto é verdade.)

Nós podemos viver 70, 80, 90, 100 anos hoje em dia. Sim, ter filhos antes dos 40 é o ideal, mas também quem está te obrigando a ter filhos? É algo que você realmente quer, com que você sonha há anos ou é apenas mais “uma coisa que as pessoas fazem e, portanto, você também tem que fazer”?

“Ah, eu quero sim ter filhos e preciso de estabilidade financeira para isso”. Que tal esperar mais um pouco e adotar? É complicado, mas você provavelmente estará salvando uma vida de um destino duro. Meu ponto é: nós temos tempo. MUITO tempo. Se com menos de 30 você já aprendeu tanta coisa, imagine com 45, 64, 73? Sua vida não está acabando, está apenas começando.

Lição do dia: pare de achar que é comum ser bem-sucedido antes dos 30 anos

E não, meu ponto não é que você pode ser um encostado que vive às custas dos outros. Claro que não. Ganhe seu dinheiro. Lute pelas suas coisas. Tenha seus sonhos. Faça sacrifícios. Mas simplesmente não se deprima porque o universo ainda não retribuiu. Às vezes você é um pouco azarado. Mas não tem como ser azarado por 60 anos. Alguma chance você vai ter. Assim como quem deu muita sorte quando jovem pode encontrar um bilhão de barreiras quando estiver mais velho.

Então vamos parar de chorar porque não somos o Neymar, a Adele ou o Mark Zuckerberg. Trabalhe. Divirta-se. Viva. No fim das contas, você só deve satisfações a você mesmo.

#sucesso #idade #prodigios #carreira