It Girls
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
It Girls
1BB34097-F786-44E7-9A1A-E8A05C0914DB
Burger
Street Style POA
StreetStylePOAhá 10 meses

It Girls

o mundo das celebridades da moda
    • Reportar esta pasta de histórias
It Girls
ic-spinner
Todo mundo tem uma história para contar
Encontre as melhores histórias para ler e autores para seguir. Inspire-se e comece a escrever grandes histórias sozinho(a) ou com seus amigos. Compartilhe e deixe o mundo conhecê-las.

Elas são it

It girl: garota ou mulher que possui charme, carisma, elegância, beleza, inteligência… É assim que a internet parece definir o termo, que foi cunhado pela primeira vez pela romancista britânica Elinor Glyn como um eufemismo para sex appeal.

Colaborar com amigos em assuntos que você ama
Pedir coautoria ▸

Nos dias de hoje, as it girls foram além e viraram as principais referências de moda e lifestyle. Elas têm milhões de seguidores nas redes sociais, faturam uma quantidade absurda de dinheiro, vestem as melhores roupas e influenciam uma legião de fãs e admiradores. Conheça três das it girls mais famosas do mundo.

A bombshell de Hollywood

Blake Lively alcançou o estrelato aos 20 anos, em 2007, quando interpretou a também it girl Serena Van der Woodsen, na série americana Gossip Girl. Nascida em Los Angeles (EUA), a atriz vem de uma família de artistas. Filha dos também atores Ernie Lively e Elaine Lively, ela é a mais nova dos cinco irmãos e esteve envolvida na indústria do entretenimento desde cedo. Quando pequena, ia junto com os pais às aulas de atuação, o que a ajudou a aprender técnicas e a fez ganhar confiança em frente às câmeras.

Elas são it
Elas são it
Elas são it
Elas são it

Sua carreira profissional começou aos 11 anos, quando apareceu no filme Sandman, em 1998, dirigido por seu pai. Os irmãos mais velhos, vendo o talento da caçula, incentivaram-na a fazer audições. Um deles, Eric, até marcou com seu agente para tentar conseguir algum papel para Blake. Anos depois, conseguiu sua primeira produção de destaque: Quatro amigas e um jeans viajante, no qual dava vida à personagem Bridget Vreeland.

Em 2006, participou de mais dois longas e, no ano seguinte, entrou para o elenco de Gossip Girl, trabalho que lhe rendeu fama mundial e, junto com ele, a paixão pela moda.

Quase que instantaneamente, Blake virou a queridinha dos estilistas, sendo convidada para assistir aos desfiles no front row de grandes grifes, como Chanel, Dior e Gucci. Além disso, recebeu a benção da editora-chefe da Vogue, Anna Wintour, ao ser selecionada para estampar a capa da revista por quatro vezes, uma delas na edição de 2010, na lista de “mais bem vestidas”.

Prova de que ela é a “golden girl” do sonho Americano, conforme as próprias palavras do diretor criativo da Chanel, Karl Lagerfeld, foram as inúmeras campanhas de moda que estrelou em sua curta carreira. O estilista alemão a convidou para ser o rosto da linha de bolsas Mademoiselle, em 2011, logo após o famoso designer Christian Louboutin ter homenageado Blake ao colocar seu nome em um sapato. Em junho de 2012, outra maison anunciou que Lively seria sua garota propaganda: tratava-se da fragrância Gucci Premiere. O comercial foi um dos mais antecipados daquele ano e teve seu lançamento no Venice Film Festival. Atualmente, a atriz é a embaixadora da marca L’OREAL Paris.

Reconhecida por sua beleza, em 2009, foi eleita pela People Magazine uma das 100 pessoas mais bonitas do mundo. Dois anos depois, a Times a elegeu como uma das 100 personalidades mais influentes do mundo. A it girl também se aventurou no mundo dos negócios ao abrir, em 2014, sua primeira empresa, a Preserve. Um espaço com o intuito de conectar usuários com fabricantes de produtos, experiências e histórias. O projeto, contudo, foi encerrado pela própria, em 2015, por não ter atingido o propósito original idealizado por Lively.

Na vida pessoal, ela é casada com o ator canadense Ryan Reynolds, com quem tem uma filha e um bebê a caminho. É ou não um verdadeiro fenômeno de Hollywood?

O fenômeno da internet

Com fotos de qualidade profissional, jeito de modelo e produtos luxuosos, Chiara Ferragni conseguiu fazer do seu blog, o The Blond Salad, um negócio rentável. Hoje, ela ganha, em média, 8 milhões de dólares por ano e emprega uma equipe de 14 pessoas, incluindo fotógrafos, stylists e assistentes. Com 7,4 milhões de seguidores no Instagram, a personalidade conseguiu tornar o seu trabalho uma referência no mundo da moda.

A blogueira nasceu na Itália, no dia 7 de maio de 1987, mas acabou se mudando para Los Angeles anos depois. Apaixonada por moda, Chiara fundou seu blog em 2009 e, dois anos depois, foi eleita pela revista New York como uma das maiores estrelas-revelação do street style. Em dezembro de 2011, a Teen Vogue a elegeu como a blogger do momento. Naquele período, sua plataforma já acumulava um milhão de visitantes únicos e 12 milhões de impressões por mês. A prova do seu impacto é que Chiara fez colaborações com grandes nomes da indústria fashion, como Dior, Louis Vuitton, Max Mara, Chanel e Tommy Hilfiger, que a procuraram para assinar coleções e estrelar editoriais.

Elas são it
Elas são it

Em 2015, a Forbes listou-a como uma das 30 pessoas mais bem sucedidas com menos de 30 anos. Em março de 2016, foi capa da Vogue España, o que a tornou a primeira digital influencer a estampar uma Vogue cover. Além disso, foi capa de mais de 50 revistas de moda e, tanto em 2013 quanto em 2015, esteve na Business of Fashion 500, que seleciona as pessoas da moda mais influentes do mundo.

No início de 2016, a Pantene anunciou Ferragni como a nova embaixadora global da marca e o rosto internacional para a Amazon Fashion Campaign.

A garota das passarelas

Eleita a modelo do ano pelo 2016 Fashion Awards, Gigi Hadid conquistou o mundo da moda em um curto espaço de tempo. Com uma carreira meteórica, vem estrelando diversos editoriais, desfilando para inúmeras marcas e sendo o rosto de algumas das maiores grifes do mundo, como Versace, Max Mara e Tommy Hilfiger.

Nascida em 23 de abril de 1995, em Los Angeles (EUA), a it girl tem apenas 21 anos e já é um nomes mais fortes no mercado fashion da atualidade. Acostumada com as câmeras desde criança - sua mãe, Yolanda Hadid, é estrela do reality show The Real Housewives of Beverly Hills -, a modelo assinou um contrato em 2013 com a IMG Models, mas sua carreira já havia começado bem antes, quando tinha dois anos de idade.

Elas são it
Elas são it
Elas são it

Descoberta por Paul Marciano, da Guess, ela começou a modelar como Baby Guess até colocar o trabalho em hiatus para se concentrar no colegial. Em 2011, entretanto, Gigi voltou para a moda ao ser o rosto da campanha da marca.

Após sua mudança para a big apple, a personalidade fez seu debut na New York Fashion Week e foi estrela de campanhas da Tom Ford. Em 2014, também apareceu pela primeira vez no ranking Top 50 Models do site models.com e, no ano seguinte, o Daily Front Row a elegeu modelo do ano.

Ampliando seu currículo, Hadid desfilou para Marc Jacobs, Chanel, Michael Kors, Jean Paul Gaultier e Victoria’s Secret, entre outras labels. Além disso, estampou inúmeras capas de revista, como a Vogue de vários países, Elle, Allure, W Magazine, Harper’s Bazaar, Vanity Fair e Paper Magazine. Durante a temporada outono/inverno de 2016, abriu cinco shows e encerrou sete. Nesse mesmo ano, decidiu inovar e sair da zona de conforto. Foi co-designer de uma coleção cápsula da Tommy Hilfiger, lançada na New York Fashion Week; e desenhou, para Stuart Weitzman, uma linha de sapatos: a Gigi Boot.

Qual a sua preferida?

Você leu a pasta de história
Story cover
escrita por
Writer avatar
StreetStylePOA
Moda, comportamento, fotografia e comunicação.